Galo perde em casa para o Libertad na Libertadores

A partida também foi marcada por uma polêmica envolvendo um pedido de pênalti por parte do Atlético-MG

Por Plox

06/04/2023 20h58 - Atualizado há cerca de 1 ano

Em sua estreia na fase de grupos da Copa Libertadores, o Atlético saiu derrotado dentro do Mineirão, pelo Libertad, do Paraguai. O Galo não conseguiu criar e sentiu muito a falta de Hulk, suspenso. O resultado de 1 a 0 deixa complicado o início do alvinegro no grupo G.

O Atlético iniciou a partida com maior posse de bola, porém, o Libertad mostrou-se mais eficiente no ataque. A equipe paraguaia abriu o placar logo aos oito minutos, com um contra-ataque bem-sucedido. Diego Gómez chutou de fora da área e Everson, goleiro do Galo, não conseguiu realizar a defesa.

 

Criação e armação comprometidas

O Atlético enfrentou problemas na criação e armação de jogadas durante a partida, com erros de passe na tentativa de superar a defesa paraguaia. Como resultado, a equipe brasileira não levava perigo ao gol defendido por Martin Silva. Enquanto isso, o Libertad aproveitava-se de contra-ataques para ameaçar o time adversário. Jogadores como Oviedo, Gómez e Espinoza chegaram a ter finalizações com potencial de perigo.

Resposta contundente do Galo no final do primeiro tempo

A equipe do Atlético só conseguiu dar uma resposta mais contundente aos 44 minutos do primeiro tempo, quando Paulinho recebeu a bola na área e chutou em direção ao gol de Martin Silva. No entanto, o goleiro paraguaio defendeu a finalização. No rebote, Patrick tentou novamente marcar, mas a defesa paraguaia impediu o gol quase na linha do gol.

 

Nesta partida, o Atlético teve dificuldades em criar oportunidades de gol e superar a defesa do Libertad. Ainda assim, a equipe brasileira buscou reagir ao longo do jogo, mostrando sua determinação em busca de um resultado positivo.

O time paraguaio mostrou sua força logo no início do segundo tempo, aos 2 minutos, quando chegou com perigo pela esquerda. A bola foi cruzada na área, mas a defesa do Atlético-MG conseguiu afastar o perigo. Pouco depois, aos 30 minutos, Lemos arriscou um chute de longa distância, que o goleiro Martín Silva conseguiu espalmar para escanteio.

Polêmica do pênalti envolve Atlético-MG

A partida também foi marcada por uma polêmica envolvendo um pedido de pênalti por parte do Atlético-MG. A situação ocorreu quando a bola foi cruzada na área e a defesa do Libertad cortou o lance. Os jogadores do time mineiro cercaram o árbitro e pediram a marcação do pênalti, alegando que houve toque de mão na bola por parte do adversário.

 

Fim de jogo e insatisfação da torcida

Após o apito final, as vaias no Mineirão evidenciaram a insatisfação da torcida com o resultado. O Libertad, que surpreendeu ao vencer o Atlético-MG em pleno Mineirão, sai na frente no Grupo G e deixa o time mineiro com a necessidade de buscar a recuperação nas próximas rodadas da competição.
 

Destaques