Ipatinga

economia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Caoa Cherry anuncia fechamento de fábrica e demissão de funcionários

    Até 2025

    Por Plox

    06/05/2022 18h31 - Atualizado há 2 meses

    Nessa quinta-feira (5), a montadora Caoa Chery comunicou ao Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região que vai fechar a fábrica de Jacareí-SP, até 2025, e demitir cerca de 480 trabalhadores. A informação inicial, que seria de paralisação, se transformou em fechamento da fábrica.

    O Sindicato dos Metalúrgicos divulgou uma nota informando que foram “pegos de surpresa”. O comunicado feito pela montadora foi em uma reunião com o próprio sindicato. A informação da empresa é que um modelo sairá de linha e dois modelos passarão a ser importados da China.

    Imagem da fábrica. Foto: divulgação/ Caoa

     

    Conforme a Caoa, por conta dessa ociosidade da fábrica, a empresa pretende encerrar toda a produção atual de Jacareí. Mas a companhia afirmou que os trabalhos na fábrica vão parar momentaneamente, pois a previsão é de uma obra de modernização para a produção de carros elétricos, que começaria apenas em 2025.

    “Esta é a primeira vez que a fábrica, inaugurada em 2015, passará por uma atualização desse porte. Localizada em um ponto estratégico de São Paulo, com fácil acesso às principais rodovias do país, a unidade fabril passará por mudanças para adequação dos processos produtivos que permitirão a introdução de novos produtos concebidos a partir de plataformas de última geração, equipados com propulsores híbridos ou 100% elétricos”, disse a empresa.

    A adaptação da unidade de Jacareí terá como parâmetro os processos produtivos já adotados na fábrica da Caoa Montadora, localizada em Anápolis-GO. “Para que as mudanças ocorram de forma efetiva, a Caoa Chery informa a parada temporária da unidade fabril de Jacareí (SP). A suspensão das atividades tem como objetivo ajustar os processos produtivos da planta para novos modelos com tecnologias híbridas e elétricas, visando a modernização e atualização das linhas de produção.”

    Já em relação aos colaboradores da planta de Jacareí, a empresa informou que está em negociação com os representantes do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e região para a definição de um pacote de indenização suplementar, “além do regular pagamento das verbas rescisórias legais, seguindo o seu compromisso de respeito aos trabalhadores”, informou a nota.

    Segundo o sindicato, com a decisão, todos os 370 metalúrgicos da produção de Jacareí seriam demitidos. A empresa informou também que pretende dispensar mais da metade dos funcionários do administrativo, setor que hoje conta com 230 trabalhadores na planta. O restante do efetivo seria remanejado para outras unidades da montadora.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]