Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Mulher é presa por aplicar vários golpes do “falso PIX” em lanchonete de Ipatinga

    A mulher ainda relatou que o procedimento não era notado pelo atendente e ele entregava o lanche sem perceber que o pagamento não tinha efetivado

    Por Plox

    06/05/2022 19h03 - Atualizado há cerca de 2 meses

    Uma mulher, de 25 anos, foi presa na noite dessa quinta-feira (5), por aplicar cerca de 13 golpes de PIX em uma lanchonete de Ipatinga, no estado de Minas Gerais. A mulher confirmou as informações e afirmou não ter saldo na conta onde realizava a transferência. 

    De acordo com as informações, ela realizava encomendas de produtos via aplicativo, enviava comprovante de pagamento via WhatsApp, só que esses comprovantes eram alterados e os pagamentos não eram efetivados.

    O proprietário ainda relatou que a autora aplicou golpe em seu estabelecimento varias vezes, o que não foi notado de imediato, mas nessa quinta-feira notou o golpe e acionou a policia. No momento em que o entregador foi até o endereço os policiais chegaram e, em conversa com a mulher, ela disse que já realizou o estelionato cerca de 13 vezes. 

    Ela ainda contou que mandava mensagem para o estabelecimento encomendando o lanche e quando entrava na conta do banco, via aplicativo, mostrava que não tinha saldo, mas, mesmo assim, ela realiza o PIX.

    Em seguida, ela tirava print do recibo e antes de enviar a foto para o estabelecimento, apagava o seu nome do comprovante, mas o pagamento não efetivava porque não tinha saldo na conta. 

    A mulher ainda relatou que o procedimento não era notado pelo atendente e ele entregava o lanche sem perceber que o pagamento não tinha efetivado. Ela ainda afirmou que todas essas transações estão em seu aparelho celular. A mulher foi presa e conduzida à delegacia.


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]