Usiminas investe R$ 2,4 milhões nas obras de recuperação da Estação Pedra Mole

A “Estação Pedra Mole” foi fundada em agosto de 1922, às margens do Rio Piracicaba, entre os bairros Cariru e Castelo

Por Plox

06/05/2024 11h19 - Atualizado há cerca de 1 mês

A Usiminas inicia neste mês de maio as obras de recuperação da trilha de acesso às Ruínas da Estação de Pedra Mole, patrimônio histórico e cultural de Ipatinga. No total, serão investidos R$ 2,4 milhões na obra terá duração prevista de 150 a 180 dias.

A intervenção tem como objetivo restaurar as condições de segurança e acessibilidade ao local. “A Usiminas tem o compromisso de contribuir para a preservação do patrimônio histórico e cultural de nossa região. A recuperação da trilha é mais uma demonstração desse compromisso, que visa não apenas restaurar as condições de segurança e acessibilidade, mas também promover a valorização da nossa história”, destaca André Chaves, diretor de Relações Institucionais da Usiminas.

Foto: Divulgação

 

História

A “Estação Pedra Mole” foi fundada em agosto de 1922, às margens do Rio Piracicaba, entre os bairros Cariru e Castelo. O terreno onde a estação foi erguida possuía rochas de calcário que se quebravam com facilidade, popularmente chamadas de “Pedra Mole”. As ruínas que conservam parte da edificação receberam proteção legal municipal em 3 de setembro de 1996.

Destaques