Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Bandidos incendeiam ônibus e ambulância em Manaus após prisão de traficante

    Os ataques teriam sido coordenados por uma facção criminosa denominada Comando Vermelho

    Por Plox

    06/06/2021 14h54 - Atualizado há 6 meses

    Uma noite de terror tomou conta da cidade de Manaus, capital do Amazonas, na virada deste sábado para domingo (6). Pelo menos 17 veículos foram incendiados. A ordem que determinou os atentados teria partido de dentro de um presídio e o motivo seria a morte de um traficante.

    Segundo as primeiras apurações, os ataques teriam sido coordenados por uma facção criminosa denominada Comando Vermelho em retaliação a morte de um dos líderes conhecido como Dadinho. Ele teria morrido durante uma operação da ROCAM, Rondas Ostensivas Cândido Mariano, na tarde deste sábado.

     

    Bandidos incendeiam ônibus e ambulância em Manaus após prisão de traficante


    As empresas de ônibus coletivos suspenderam as viagens e recolheram os veículos para suas garagens. O secretário de Segurança Pública do Estado, Coronel  Luismar Bonates, informou que foi criada uma equipe para tratar da crise, composta por membros da Polícia Militar e Polícia Civil. Até o momento, nenhuma prisão foi comunicada.

     

    Bandidos incendeiam ônibus e ambulância em Manaus após prisão de traficante
    ônibus foram incendiados


    A corporação de bombeiros informou que os chamados sobre as ocorrências de incêndios começaram por volta da meia-noite e que os locais mais afetados estão próximos do centro sul e da zona leste. O Sindicato das Empresas de Transporte Passageiro do Estado do Amazonas repudiou os atentados e  emitiu uma nota abordando o caso. Também no interior do estado foram registradas algumas ocorrências, principalmente na cidade de Parintins e Careiro Castanho.

     

    Nota Sinetram


    O Sinetram repudia os atos de vandalismo ocorridos nas primeiras horas deste domingo (06), em que 7 ônibus do transporte coletivo foram incendiados dentre outros atos violentos.
    A violência das ações, aparentemente de caráter terrorista, causou pânico nos operadores do serviço, pois há relatos de grupos encapuzados e armados praticando tais atos, sendo que, por isso, toda a frota foi recolhida.
    Atos dessa natureza, além de serem crimes de dano e ilícitos civis, visam disseminar o medo e inviabilizam o serviço essencial.
    Diante desse cenário, os maiores prejudicados são o usuário do transporte coletivo e os trabalhadores do sistema de transporte cujas vidas estão em risco.
    Por fim, pedimos às autoridades públicas competentes imediatas e urgentes providências para a identificação dos criminosos e para a cessação da onda de violência a fim de que seja viabilizada a normalização do serviço essencial de transporte coletivo.

     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]