Operação impede aglomeração de mais de 160 pessoas no Vale do Aço

06/07/2020 16:36

Operação aconteceu na rampa de voo livre, em Santana do Paraíso

Equipes de fiscalização, com o apoio da Polícia Militar, realizaram uma operação, no fim de semana, em Santana do Paraíso. O objetivo da ação foi vistoriar alguns estabelecimentos e locais que, segundo denúncias, registravam aglomerações. Alguns segmentos permanecem fechados como medida preventiva para evitar a disseminação do novo coronavírus. 

De acordo com o Departamento de Fiscalização, na rampa de voo livre José Paulino, na Serra da Viúva, 16 pessoas foram retiradas do local e 163 impedidas de entrarem. No espaço, estão proibidos as competições e eventos de cunho esportivo que provoquem aglomeração. Mesmo com as normas de distanciamento social, o local registrou acúmulo de pessoas. 

 

paraíso-operação-2Foto: divulgação
 

No início de junho, a prefeitura instalou barreiras metálicas para bloquear o acesso à rampa, mas mesmo assim, algumas pessoas entram no local. O departamento informou que as pessoas foram orientadas a se retirar e voltar para suas residências, caso se insistissem em permanecer, sofreriam consequências penais. 

 

carro-rampaFoto: divulgação

 

BARES

Durante o fim de semana, vários bares foram fechados provisoriamente porque descumpriam decretos municipais que determinam medidas de prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19). Alguns estabelecimentos estavam abertos e com grande número de pessoas. A operação foi realizada em 11 bairros. 

Uma decisão judicial, estabelecida em 27 de maio, assegura o fechamento de bares e lanchonetes; esses estabelecimentos devem trabalhar apenas com serviços de entrega, conhecidos como "delivery".

Denúncias sobre descumprimento dos decretos podem ser feitas pelos números 31 3251 5459 (Fiscalização, de segunda a sexta) e 3251 5485 (Polícia Militar). Vale ressaltar que a fiscalização age em parceria com a PM.