Uso excessivo de laxantes prejudica a saúde e pode elevar risco de câncer

06/08/2019 07:43

A ingestão excessiva diminui a capacidade de o intestino absorver nutrientes

Publicidade

Um estudo divulgado na publicação Pediatrics apontou que pelo menos 20% das mulheres com idade de 23 anos já tomaram laxante com o objetivo exclusivo de ajudar a emagrecer. Porém, a prática, segundo especialistas, não é nada saudável e pode até elevar o risco de causar câncer, caso o uso seja feito em excesso. 

A ingestão excessiva diminui a capacidade de o intestino absorver nutrientes e gera desequilíbrio na concentração de minerais. As pessoas podem perder o peso exatamente por causa dessa interferência na capacidade de absorver os nutrientes. Com isso, a água e os sais minerais são eliminados pelas fezes, que poderia dar a sensação de que o inchaço foi reduzido. 

 Laxantes podem causar a perda de peso por interferir na absorção de nutrientes.

Pelo menos 20% das mulheres com 23 anos já usaram o laxante para emagrecer-Foto: Divulgação

Segundo o médico endoscopista e diretor da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva, Tomazo Franzini, “além de o emagrecimento ser passageiro, o uso do laxante acarreta alto custo à saúde, já que pode levar à deficiência nutricional e inflamações no intestino”. 

Além disso, o intestino acaba se acostumando quando é feito de maneira frequente ficando “viciado” e levar a uma constipação e no pior dos casos, levar a câncer colorretal (CCR), segundo apontou um estudo divulgado no jornal científico Annals of Epidemiology em 2018.

Atualizada às 9h58



Publicidade