Ipatinga

economia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Petrobras aprova revisão da política de preços do gás 

    Os reajustes passam a ser realizados sem periodicidade definida, de acordo com as condições de mercado e da análise dos ambientes interno e externo

    Por Plox

    06/08/2019 11h02 - Atualizado há mais de 2 anos

    Foi aprovada pela diretoria executiva da Petrobras, nessa segunda feira (5), a revisão da política de preços de gás liquefeito de petróleo (GLP) de uso residencial, o gás de cozinha, comercializado em botijões de até 13 kg, estando incluso botijões de menor capacidade como, por exemplo, de 5 e 8 kg.

    Conforme a nova política de preços de GLP, os reajustes aconteceram conforme as condições de mercado e da análise dos ambientes interno e externo, sendo realizados sem periodicidade definida. Sendo assim, o mecanismo de compensação previsto na política divulgada em 18 de janeiro de 2018  para o preço do GLP envasado de até 13 kg, fica extinto o mecanismo dos últimos 12 meses.

    De acordo com informações da estatal os preços praticados pela companhia passarão a adotar como referência o preço de paridade de importação (PPI), similar ao GLP industrial/comercial, incluindo o preço do GLP no mercado internacional (Golfo do México, por exemplo) sendo acrescido do frete marítimo, despesas internas de transporte e uma margem para remuneração dos riscos inerentes à operação.

    A companhia informou em nota que os preços do GLP de uso industrial e do P13 foram reajustados hoje, passando a valer, respectivamente R$1953,10 e disse que “esses valores representam uma redução média de 13,3% no preço do GLP industrial e de 8% no preço dos botijões de até 13 kg”, finaliza.

    Atualizada às 9h50

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]