Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    CPI investiga prescrição de cloroquina por planos de saúde; OMS se prepara para nova pandemia

    Em entrevista diretora da OMS diz que nova pandemia é apenas “questão de tempo”

    Por Plox

    06/10/2021 13h52 - Atualizado há 22 dias

    A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia acatou requerimento para serem apresentados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) as denúncias e reclamações realizadas por pessoas de todos os planos de saúde sobre a prescrição de medicamentos sem eficácia comprovada, dentre eles a cloroquina.

    O pedido tem objetivo de saber se houve omissão ou negligência da ANS, tendo em vista as denúncias envolvendo a operadora de planos de saúde Prevent Senior. A CPI também aprovou nesta terça-feira (05) o pedido de informações e esclarecimentos ao Ministério da Saúde. A pasta tem 48 horas para responder à solicitação com informações sobre o planejamento de vacinação contra a Covid para 2022.

     

    O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, retornou nessa segunda-feira (04) ao país após testar negativo para Covid-19. Queiroga afirmou ter sido infectado no dia 21 de agosto, quando participou da agenda da comitiva brasileira na viagem a Nova York. A viagem foi para participar, presencialmente, da Assembleia da Organização das Nações Unidas (ONU).

    Ao retornar ao trabalho aqui no Ministério da Saúde nesta terça-feira (05). Queiroga foi questionado pelos jornalistas sobre o gesto obsceno realizado por ele a manifestante nos Estados Unidos. Sobre o episódio, ele disse que: “Naturalmente que nós somos humanos, e é da natureza humana existirem falhas. Tem até aquela parábola clássica da Bíblia, que Jesus fez um risco no chão e disse: 'Aqui, quem não tiver pecado, atire a primeira pedra'. Então vamos continuar trabalhando pelo Brasil, para ajudar o nosso país a sair dessa crise sanitária”, disse o ministro da saúde.

     

    OMS se prepara para nova pandemia

    E a diretora-geral da Organização Mundial de Saúde, a OMS, Mariângela Simão, disse em entrevista à RFI que a OMS está se preparando, pois, já sabe que o mundo será assolado por uma nova pandemia e que agora é apenas "uma questão de tempo". A diretora informou que a OMS terá uma Assembleia Mundial de Saúde em novembro.
    De acordo com Mariângela Simão, é certo que haverá uma nova pandemia e sobre isso não há dúvidas. A diretora informou que a OMS terá uma Assembleia Mundial de Saúde em novembro. A  possibilidade de desenvolver um "tratado para pandemias" será um dos temas principais. “A decisão, segundo ela, ainda não foi aprovada, mas o tema circula entre os países, “não só por reforçar o papel da OMS em uma emergência de interesse público como essa”, mas também porque “cria uma série de formalidades que os países e o setor privado têm que tomar no caso de uma emergência como uma pandemia mundial”, disse.
    A necessidade de se criar uma forma para que os países se preparem para uma nova pandemia é porque, segundo a diretora, a OMS concluiu que "Vai ter uma próxima pandemia", diz Simão. “Isso é uma coisa que a gente já sabe e que é inevitável. É uma questão de quando vai acontecer", reafirma.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]