publicidade



Petrobras reajusta botijão de gás de cozinha em 8,5% nas refinarias a R$ 25,07

06/11/2018

Empresa ainda argumenta que a metodologia de reajuste trimestral tem o objetivo de suavizar os impactos da transferência da volatilidade externa

publicidade

A Petrobras revisou o preço do GLP para consumo residencial em suas refinarias em 8,5%, para R$ 25,07, um reajuste de R$ 1,97 por botijão. No ano, a alta acumulada é de 2,8%. 
 

Desde janeiro, a estatal reajusta o botijão de gás trimestralmente. Em janeiro e abril, os valores foram reduzidos e em julho, elevado.




Preços sobem até 80% e Brumadinho sofre com exploração econômica no pós-tragédia

25/04/2019

Indenizações e punições ainda não chegaram, mas moradores denunciam que dinheiro prometido pela Vale como compensação fez disparar preços na cidade, pressionando população

publicidade

Três meses depois da catástrofe que abalou Brumadinho e chocou o Brasil e o mundo, o sofrimento de quem vive na cidade da Grande BH que já contabiliza 233 mortos e 37 pessoas ainda desaparecidas parece uma história sem fim. As famílias ainda se recuperam da dor pela perda de parentes, vizinhos e amigos após o rompimento das barragens 1, 4 e 4A, da Mina Córrego do Feijão, operada pela mineradora Vale. 
Em postos de Brumadinho, preços subiram mais que em município vizinho e valores estão alinhados (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A PRESS)

Passados 90 dias da tragédia, ninguém está preso, as indenizações às vítimas ainda são alvo de polêmica que promete se estender, mas a comunidade já enfrentou o medo de novos rompimentos, se viu isolada, assistiu ao fechamento de postos de trabalho e teve de abandonar suas moradias. Agora, experimenta a exploração econômica, representada por uma escalada de preços sem precedentes, com ágio sobre produtos que chega a atingir 80% de um mês para o outro (veja tabela), no caso de gêneros de cesta básica, e mais de 6% nos combustíveis, com preços uniformizados entre postos e gasolina que já passa dos R$ 5 o litro.


Cinco aeroportos do país avisam sobre mala de mão grande a partir de hoje

24/04/2019

Bagagens que estiverem fora dos padrões determinados não poderão ir na cabine, mas devem ser despachadas, podendo ser cobrada taxa

publicidade

Os viajantes já podem começar a se atentar para o tamanho de suas bagagens de mão. Cinco aeroportos do país começarão uma fiscalização mais intensa a partir desta quarta-feira, 24 de abril, em terminais do Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre e Goiânia.

Neste momento, os alvos da fiscalização são os voos domésticos, nos seguintes aeroportos: Congonhas (SP), Santos Dumont e Galeão (RJ), Salgado Filho (Porto Alegre), e Santa Genoveva (Goiânia). Haverá orientações nesses terminais até o próximo dia 12 de maio. No dia seguinte (13), as bagagens que estiverem fora dos padrões determinados não poderão ir na cabine, mas devem ser despachadas, podendo ser cobrada taxa.


Impostômetro aponta que brasileiros já pagaram mais de R$ 800 bilhões em tributos em 2019

24/04/2019

Cada brasileiro precisa trabalhar mais de cinco meses para pagar impostos, aponta a ACSP

publicidade

Os brasileiros já pagaram mais de R$ 800 bilhões em impostos desde o início de 2019. O valor foi atingido nessa terça-feira (23), segundo cálculo do Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Segundo o economista Marcel Solimeo, o valor corresponde ao total pago para a União, estados e municípios na forma de impostos, taxas, multas e contribuições.

últimas notícias