Atriz ganha processo contra “Playboy” por uso indevido de fotos dela nua

06/11/2019 11:13

Na indenização pedida pela atriz será acrescido uma taxa de 1% ao mês, contando desde a data de abertura do processo até sua conclusão

Publicidade

Nesta terça-feira (5), a atriz Camila Pitanga,  venceu o processo que move contra o grupo Abril, por uma publicação de fotos dela na revista "Playboy", em dezembro de 2012.

De acordo com o portal de notícias “O Dia”, as imagens foram retiradas de cenas do filme "Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios" e publicadas sem autorização da atriz.

No processo, que durou quase sete anos, Cami pediu uma indenização de R$ 300 mil.

camila-pitangaFoto: reprodução/Instagram

O julgamento final foi conduzido pela 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e os ministros foram unânimes ao recusarem recurso dos representantes da revista, que tentavam anular a decisão concedida em primeira instância, na qual a editora era condenada a indenizar a atriz.

A indenização pedida por Camila será recalculada, sendo acrescido uma taxa de 1% ao mês, contando desde a data de abertura do processo até sua conclusão, além dos honorários advocatícios.
 



Publicidade