Cruzeiro resiste bravamente e segura empate contra o Furacão

06/11/2019 23:24

Fábio foi o grande nome do jogo salvando a raposa com defesas importantes

Publicidade

O Cruzeiro resistiu bem a pressão do Athletico Paranaense, jogando na Arena da Baixada e garantiu um ponto fora de casa. Com um jogo a mais, a equipe celeste é a 14ª colocada.

No início da primeira etapa o Cruzeiro até se postou bem em campo. O Athletico não conseguiu impor aquela pressão de começo de jogo apenas estudou a equipe mineira. Contudo, os donos da casa tiveram as melhores chances do primeiro tempo. 

Fábio fez a diferença e impediu o gol do Furacão. A pressão do Athletico Paranaense se deu muito por conta de uma lesão no joelho de Ederson, que mesmo em campo, não repetiu as últimas atuações.

Reprodução TwitterEIvITpRWwAAhpSV (1)

No segundo tempo quando a torcida acho que iria comemorar, Sassá ganhou do goleiro Santos, com a mão, e marcou. Contudo, a arbitragem anulou e ainda expulsou o atacante com o segundo cartão amarelo.

A partir daí foi ataque contra defesa. O Athletico foi todo para frente e o técnico Abel Braga colocou Ezequiel para explorar os contra-ataques. E a alteração funcionou em alguns lances. Aos 42, o camisa 17 acertou a trave de Santos e quase marcou o primeiro gol do jogo. Mesmo com toda a pressão do Furacão, o Cruzeiro resistiu bem com um a menos e garantiu um ponto fora de casa.



Publicidade