Brasil alcança marca histórica em medalhas nos Jogos Pan-Americanos de Santiago

Superação de recorde anterior e vice-liderança no quadro geral marcam a participação brasileira

Por Plox

06/11/2023 10h29 - Atualizado há 8 meses

O desempenho do Time Brasil nos Jogos Pan-Americanos de 2023 em Santiago se encerra com números impressionantes: 66 medalhas de ouro, 73 de prata e 66 de bronze, totalizando 205 conquistas, o maior número já alcançado pela delegação brasileira na história do evento. Este feito supera a participação no Pan de Lima em 2019, onde o Brasil obteve 171 medalhas.

 

 

Foto: Rafael Bello/COB @rafaelreichert

Desempenho por Gênero e Esporte

A distribuição de medalhas entre as equipes masculina e feminina mostra um equilíbrio de conquistas. No masculino, foram 30 ouros, 33 pratas e 29 bronzes. Já no feminino, o Brasil ganhou 33 ouros, 32 pratas e 30 bronzes. As competições mistas acrescentaram ao quadro 3 ouros, 8 pratas e 7 bronzes.

 

Supremacia em Diversas Categorias

O país se destacou em várias modalidades, com a natação (incluindo maratona aquática) liderando em número de medalhas, com um total de 27. O atletismo e o judô também foram esportes onde o Brasil brilhou, conquistando, cada um, 23 e 16 medalhas respectivamente. Na ginástica artística e rítmica, foram agregadas 27 medalhas ao total do Brasil, com a ginástica rítmica destacando-se com 8 ouros.

A classificação geral mostrou o Brasil como vice-líder, ficando atrás somente dos Estados Unidos, que alcançaram 286 medalhas. A análise feita pelo portal Olympics apresenta um raio-x do sucesso brasileiro, enfatizando o desempenho equilibrado entre as modalidades e gêneros, uma demonstração da versatilidade e do investimento no esporte nacional.

Destaques