Inquérito aberto pela Polícia Federal para Investigar vazamento no Enem 2023

Após imagens vazadas nas redes sociais, PF inicia investigações sobre o possível comprometimento da prova de redação do Enem.

Por Plox

06/11/2023 07h51 - Atualizado há 8 meses

Conforme divulgado pelo R7, a Polícia Federal anunciou no domingo (5) que já está em curso uma investigação sobre a divulgação antecipada do tema da redação do Enem 2023. Segundo o órgão, há um esforço conjunto com o Inep para "obter mais informações sobre o caso e contribuir com os esclarecimentos devidos".

Ações do Ministério da Educação

O ministro da Educação, Camilo Santana, comunicou que a PF realizou diligências no Distrito Federal e em Pernambuco. Santana expressou seu contato com o ministro da Justiça, Flávio Dino, e com a superintendência da PF, reforçando a seriedade com que o incidente está sendo tratado e mencionando a possibilidade de novas diligências.

Declarações do Inep

Em entrevista ao R7, representantes do Inep afirmaram não existir evidências de que as fotos tenham circulado antes do início das provas, destacando que é prática comum reportar à PF quaisquer suspeitas de irregularidades. O tema da redação vazado, "Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil", só deveria ser conhecido após o início das provas, de acordo com as regras do exame.

Estatísticas e Procedimentos do Exame

Durante a aplicação do Enem 2023, 4.293 candidatos foram desclassificados por descumprimento das normas, incluindo posse de materiais proibidos e saída antecipada do local de prova. No que diz respeito à participação, a abstenção foi de 28,1%, um índice próximo ao do ano anterior. O Inep registrou a maior taxa de ausência no Amazonas, com 44% dos inscritos não presentes.

Prosseguimento do Enem

Apesar dos contratempos, o Enem 2023 segue em frente, com o segundo dia de provas previsto para o próximo domingo (12). O gabarito oficial e os cadernos de questões serão publicados no portal do Inep até o dia 24 de novembro, permitindo aos participantes a conferência de suas respostas.

Destaques