Número de mortes por dengue atinge nove em Minas Gerais

Estado Registra 39.282 Casos Confirmados e Investiga 62 Óbitos Suspeitos

Por Plox

07/02/2024 07h20 - Atualizado há 2 meses

Em um recente levantamento divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) nesta terça-feira, 6 de fevereiro, o total de mortes causadas pela dengue no estado subiu para nove. O Painel de Monitoramento de Casos da SES-MG atualizou os dados, incluindo novos registros de óbitos em Belo Horizonte e Bocaiúva. Com essas atualizações, a capital mineira agora contabiliza dois casos fatais, apesar de uma terceira vítima já ter sido reportada pelo governo municipal.

 

O boletim epidemiológico emitido pela SES-MG na segunda-feira, 5 de fevereiro, aponta que o estado possui 39.282 casos confirmados da doença, com 62 mortes ainda sob investigação. A cidade de Belo Horizonte se destaca com o maior número de diagnósticos positivos, totalizando 10.651 casos.

 

Além da dengue, Minas Gerais também enfrenta casos de outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. O estado registrou 9.320 casos confirmados de chikungunya, com uma morte confirmada e outras sete em investigação. Quanto ao vírus da zika, foram confirmados dois casos, além de 15 diagnósticos prováveis, sem nenhuma morte confirmada até o momento.

A distribuição geográfica das mortes por dengue no estado inclui:

  • Belo Horizonte: 2 mortes
  • Arceburgo: 1 morte
  • Bocaiúva: 1 morte
  • Lagoa Santa: 1 morte
  • Monte Belo: 1 morte
  • Ribeirão das Neves: 1 morte
  • Sarzedo: 1 morte
  • Sete Lagoas: 1 morte

Esse aumento no número de casos e óbitos por dengue em Minas Gerais reforça a necessidade de intensificar as medidas de prevenção e controle do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, chikungunya e zika.

Destaques