Sobrinho-neto da ministra Marina Silva é assassinado a tiros

Familiares e autoridades lamentam a morte do jovem de 19 anos em meio a conflitos de facções

Por Plox

07/02/2024 15h48 - Atualizado há 2 meses

Na noite de terça-feira (6), um sobrinho-neto da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, foi morto a tiros em sua residência no bairro de Taquari, em Rio Branco, Acre. Cauã Nascimento Silva, de 19 anos, tornou-se mais uma vítima da violência que assola áreas periféricas do país, marcadas por disputas entre facções criminosas. A ministra Marina Silva expressou seu luto e consternação através de uma declaração no X, a plataforma anteriormente conhecida como Twitter, onde destacou a perda como um reflexo da criminalidade que "destrói vidas principalmente de jovens".

Foto: Agência Brasil

O crime ocorreu na própria casa do jovem, invadida por dois homens que efetuaram diversos disparos contra ele. Este ato violento chama atenção não apenas pelo laço familiar da vítima com uma figura pública nacional, mas também pelo contexto de violência urbana que persiste em várias regiões do Brasil. A Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) do Acre está à frente das investigações para elucidar o caso e identificar os responsáveis pelo assassinato.

A repercussão da tragédia alcançou o mais alto nível de governo, com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, também manifestando seu pesar pela perda do jovem. Em uma publicação no X, o presidente enviou seus sentimentos à ministra Marina Silva

Destaques