Pessoas que receberam a 1ª dose podem não receber a segunda, afirma Marcos Vinícius

De acordo com o prefeito, o município foi orientado no final de março a não guardar vacinas para a segunda dose e usar toda a remessa aplicando a primeira dose

Por Plox

07/04/2021 20h07 - Atualizado há 14 dias

O prefeito de Coronel Fabriciano-MG, Marcos Vinicius (PSDB), disse em entrevista ao Plox nessa terça-feira (6) que a pessoa que recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 corre o risco de receber a segunda dose do imunizante após o período indicado pelo Instituo Butantan por conta de erro na programação por parte da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.

De acordo com o prefeito, o município foi orientado no final de março a não guardar vacinas para a segunda dose e usar toda a remessa aplicando a primeira dose. No entanto, o Instituto Butantan anunciou nessa segunda-feira (5) que irá produzir 50% a menos de vacinas no mês de abril.

“Como vai ficar os municípios que fizeram a aplicação de 15, 20 mil na primeira dose? Não vai ter vacina para fazer a segunda dose e vai perder a primeira dose, então esta muito complicado a questão das vacinas”.

Foto: Reprodução

 

O Instituto Butantan recomenda que a segunda dose da CoronaVac deve ser aplicada em um período entre 14 e 28 dias após a primeira. Já quem recebeu a dose da vacina AstraZeneca/Oxford pode esperar até três meses.

O atraso na aplicação da segunda dose após o período indicado é preocupante . "Os estudos, os níveis de eficácia, tudo é feito com base na aplicação das duas doses das vacinas. Uma aplicação só, portanto, deixa aquela pessoa vulnerável, ela não está protegida de forma adequada e pode adoecer". explica Natália Pasternak, doutora em microbiologia.

Foto: Reprodução

 

De acordo com o balanço de vacinação do dia 29/03, até o momento, 6.621 idosos já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 no município e 1.972 chegaram a receber a segunda dose do imunizante. Já os profissionais de saúde da cidade, 1.870 receberam a primeira dose e 922 a segunda. Foi divulgado que na última remessa, Fabriciano recebeu 5.030 doses da vacina, no entanto somente 80 eram pra primeira dose e restante seria pra segunda dose do imunizante.
 

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021