Presidente Lula retorna ao Brasil após compromissos em Londres e acordo de R$ 500 milhões

Durante sua estadia, Lula esteve presente na cerimônia de coroação e participou de um jantar com o novo Rei, autoridades e líderes internacionais

Por Plox

07/05/2023 15h25 - Atualizado há cerca de 1 ano

O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), retornou a Brasília na madrugada deste domingo (7) após participar de eventos oficiais em Londres, incluindo a cerimônia de coroação do Rei Charles III. O monarca britânico assumiu o trono no sábado (6), sucedendo sua mãe, a Rainha Elizabeth II, que faleceu em setembro do ano anterior.

A comitiva presidencial chegou a Londres na sexta-feira e retornou ao Brasil no sábado. Durante sua estadia, Lula esteve presente na cerimônia de coroação e participou de um jantar com o novo Rei, autoridades e líderes internacionais.

Ao anunciar seu retorno nas redes sociais, o presidente destacou ações da semana, como o aumento do salário mínimo e a aprovação do projeto de lei que estabelece punições para empresas que não cumpram a regra de igualdade salarial entre homens e mulheres na mesma função.

Lula e primeiro-ministro britânico. Foto: Ricardo Stuckert/PR.

 

Acordos e polêmicas em Londres

Lula trouxe consigo da viagem acordos importantes e também algumas polêmicas. Entre as conquistas, o primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, anunciou que a Inglaterra aderirá ao "Fundo Amazônia" e destinará R$ 500 milhões para ajudar o Brasil na preservação da floresta amazônica.

No entanto, as polêmicas envolveram os valores das diárias pagas pelo ex-presidente e pela primeira-dama para se hospedar em um hotel de luxo em Londres. Foi divulgado que o governo pagaria R$ 95 mil por uma única noite do presidente na capital britânica. O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL), filho do ex-presidente Jair Bolsonaro, criticou o fato, lembrando que o antecessor usava residências oficiais e embaixadas brasileiras em suas viagens.

Posteriormente, veio a público que a diária máxima cobrada pelo hotel da comitiva presidencial era de R$ 37 mil. No entanto, o governo ainda não divulgou oficialmente os gastos com a viagem do presidente.

Destaques