Ex-jogador colombiano Diego Tello morre aos 44 anos

07/08/2019 10:49

Ele lutava contra uma leucemia linfoblástica aguda e aguardava transplante de medula

Publicidade

Aos 44 anos, morreu na Colômbia o ex-zagueiro Diego Tello, na última segunda-feira, 5 de agosto. Ele sofria de leucemia linfoblástica aguda, que veio a público no final de 2018. Em dezembro do mesmo ano, ele entrou na lista aguardando por um transplante de medula óssea. No entanto, no mês passado a esposa do jogador falou sobre a dificuldade de esperar pela autorização para o transplante, que não chegou a ser realizado.

Quando tornou público o problema de saúde, ele declarou: “Eu tomo essa doença como uma bênção de Deus. Se eles me despejaram e eu estou vivo há oito meses, eu me sinto forte, saio com minha esposa para caminhar, eu gosto de meus filhos, a força que Deus está me dando tem que ser para alguma coisa. Acontece em um momento em que você só vai depender de Deus, só que Ele tem a última palavra em nossa vida, porque o homem não pode dizer quanto tempo você viverá ”, afirmou, naquela ocasião.
Diego Tello quando anunciou sua luta contra a doença, ainda em 2018- Foto: Reprodução
 

Nomes do futebol colombiano lideraram campanhas nas redes sociais, com o objetivo de levantar fundos para ajudar nos custos do tratamento de Diego. A campanha foi batizada por "Pela vida de Tello", em que tentavam arcar como o tratamento e conscientizar possíveis voluntários a doarem plaquetas. Diego deixa além da esposa, três filhos.

Diego

O ex-jogador mudou a aparência desde que foi acometido pela leucemia- Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Carreira

O esportista iniciou sua carreira em 1989, atuou pelo América de Cáli, na Colômbia, clube em que chamou mais atenção do mundo esportivo. Diego jogou ainda no Diablo Rojos, Independiente Santa Fé, no Millonarios, e no New York Red Bulls, que antes era chamado de New York MetroStars.
 

Atualizada às 11h13



Publicidade