Café envenenado: mulher acusada de tentar matar marido em Tucson

O caso ocorreu em Tucson, no Arizona.

Por Plox

07/08/2023 11h19 - Atualizado há 11 meses

No Arizona, especificamente em Tucson, um caso peculiar e preocupante veio à tona recentemente. Uma mulher, identificada como Melody Felicano Johnson, foi presa pela polícia sob a acusação de tentar assassinar seu marido. O método? Uma combinação perigosa de café e alvejante.

 

Foto: Pixabay / Reprodução

A informação, divulgada pela renomada emissora CNN, detalha que o plano de Melody se desenrolava há meses. O marido da acusada, cujo nome não foi mencionado, começou a notar um gosto incomum em seu café no final do mês de março. Mesmo diante do sabor estranho, ele continuou a consumir a bebida por quase três semanas.

Em Busca de Respostas Preocupado com o sabor atípico, o marido decidiu investigar. Inicialmente, submeteu a água da torneira a testes, os quais não indicaram qualquer irregularidade. No entanto, ao examinar a cafeteira utilizada para preparar sua bebida matinal, descobriu altos níveis de cloro - um indicativo da presença de alvejante.

A Denúncia Foi em julho que o marido tomou a decisão de denunciar sua esposa. Ele entregou à polícia um vídeo, obtido por uma câmera de segurança da residência do casal, que mostra Melody manipulando o alvejante: despejando-o em um recipiente e em seguida, adicionando-o à cafeteira.

Vida Conjugal em Desintegração Detalhes adicionais, retirados de documentos judiciais, revelam que o casal estava no processo de divórcio. Entretanto, apesar da iminente separação, ainda compartilhavam a mesma residência.

Consequências Legais Após o processo de investigação, Melody Felicano Johnson enfrenta graves acusações. Foi indiciada por tentativa de homicídio em primeiro grau, tentativa de agressão agravada e envenenamento de comida ou bebida por um grande júri.

Destaques