Irmãos que se afogaram em rio no Naque tentavam pegar fruta; amigo escapou segurando em tronco de árvore

O terceiro dia de buscas iniciou hoje. Os Bombeiros utilizam um barco para auxiliar

Por Plox

07/08/2023 07h35 - Atualizado há 10 meses

Um adolescente de 15 anos, que estava com os irmãos de 12 e 10 anos que se afogaram no Rio Santo Antônio, próximo a captação da Copasa, no último sábado (5), no Naque, no Vale do Rio Doce, disse que conseguiu escapar segurando em um galho de árvore.

Conforme já relatado pela Plox, os meninos brincavam no rio, quando perderam o apoio dos pés, ficando submersos, momento que foram levados pela correnteza.

Ao Corpo de Bombeiros, a testemunha relatou que, conseguiu segurar em um galho de árvore e gritou por socorro. Um homem escutou e o retirou da água. Ela também disse que eles atravessaram o rio para buscar ingá, porém, durante a travessia havia uma parte mais funda, momento que perderam contato com o solo e se afogaram.

Um morador da cidade informou à reportagem que os meninos brincavam em um local próximo de onde fica uma draga, que retira areia do fundo rio. Segundo o Corpo de Bombeiro, o local do afogamento, apesar de ser de fácil acesso, tem pontos fundos e muitos bancos de areia, além de muita correnteza. 

Nesta segunda-feira (7) iniciou-se o terceiro dia de busca pelos jovens. A guarnição utiliza uma embarcação para auxiliar nas buscas.
 

Destaques