Ipatinga

atitude

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Motorista de aplicativo adota cadela que passageira estava levando para sacrificar

    O motorista afirmou que não sabia o que fazer, mas queria ajudar o animal, que foi rebatizado por ele de Vida

    Por Plox

    07/12/2020 19h11 - Atualizado há mais de 1 ano

    Um caso que aconteceu nos últimos dias, no Rio de Janeiro, viralizou nas redes sociais. Um Um motorista de aplicativo, identificado como Emerson Lima, adotou uma cadela que uma passageira estava levando para sacrificar.

    De acordo com os relatos do motorista para um site especializado em casos de animais, ele aceitou uma corrida para levar uma passageira, que estava com uma cadela. Durante o trajeto, ele ouviu a passageira falando no telefone, que iria sacrificar a cadela, e que, segundo a passageira, o animal estava doente.

     

    Foto: reprodução/Redes Sociais

     

    “Falando com a irmã, ela soltou que iria fazer uma eutanásia na cachorra, isso mesmo gente, ia matar a cachorra com uma injeção. Por que? Ela levou a cachorra em um veterinário que disse que tinha uma suspeita de uma doença e que a cirurgia seria R$ 5 mil e os exames mais de R$ 1 mil e que não teria dinheiro pra fazer isso”, relatou o motorista ao site.

    Ao ouvir a mulher falando no telefone, Emerson disse que perguntou para a passageira se poderia ficar com a cadela e que, apesar de um pouco relutante, a passageira aceitou a proposta. Ele então voltou até a casa da passageira, pegou as vasilhas de água e ração e um pacote de ração.

    “Demos meia-volta para Copacabana, ela entregou o saco de ração e as vasilhas da cachorra […], agradeci e fui embora. Ela nem se despediu”, disse Emerson.

     

    Foto: reprodução/TV

     

    O motorista afirmou que não sabia o que fazer, mas queria ajudar o animal, que foi rebatizado por ele de Vida. Ele ligou para um amigo que adora cachorro e pediu ajuda.

    “Liguei logo pra um amigo que adora cachorro e pedi ajuda para levá-la em uma clínica. Fizemos um ultrassom, que constatou um nódulo de 2 centímetros no ovário”, afirmou o motorista.

    De acordo com Emerson, os exames ficaram em R$ 120 e o procedimento cirúrgico R$ 600. Valor bem abaixo do que a passageira afirmou na ligação telefônica. A cirurgia então foi marcada. “É chocante pensar que a eutanásia custaria R$ 500, valor equivalente ao tratamento que salvará a vida da cachorrinha”, disse o motorista.

    Emerson ainda afirmou estar determinado para dar qualidade as melhores condições possíveis para Vida. “Quando nos esforçamos […] conseguimos mudar não só a realidade de pessoas mais também de animais; hoje eu vi mais uma vez que o que importa não é o que você mostra para os outros e sim o que tem no seu coração”, concluiu o motorista.

    Em uma reportagem de uma TV carioca, o dono afirmou que a cadela estava bem e que, segundo o veterinário, a cirurgia seria tranquila e que a cadela teria uma vida saudável pela frente.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]