Defesa Civil de Ipatinga expõe Plano de Contingência para o período chuvoso

Documento norteia ações a serem adotadas em casos de emergência

Por Plox

07/12/2023 14h40 - Atualizado há 4 meses

A Prefeitura de Ipatinga, por meio da Defesa Civil Municipal,  apresentou nesta quinta-feira (7), no auditório da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços (Aciapi), seu Plano de Contingência (Placon) para socorrer, prevenir e salvar vidas em caso de situações de risco durante o período das chuvas na região. 

O evento contou com a participação de representantes de quatro secretarias municipais (Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Obras Públicas, Assistência Social e Educação), além da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e outros órgãos parceiros nos trabalhos de urgência. 

Foto: Divulgação PMI

 

Agente local da Rede Regional de Defesa Civil (Redec) e representante da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), órgão ligado ao Gabinete Militar do Governador (GMG), o sargento Paulo César de Oliveira apresentou o Plano de Contingência Estadual e alertou sobre a necessidade dos municípios agirem em sintonia. “Nós chamamos a atenção das defesas civis municipais para estarem de plantão a partir de agora. Na eventualidade de um coordenador sair de férias, que deixe um representante. Estejam alertas porque este é um período tradicionalmente delicado, com aumento dos volumes de precipitação pluviométrica”, acentuou. 

A Cedec disponibiliza recursos e equipamentos, oferecendo todo  suporte em caso de acionamento emergencial.

Durante o evento, o engenheiro e coordenador da Defesa Civil Municipal, Hilton da Silva Franco Júnior, mostrou a amplitude do trabalho preventivo, com um panorama da estrutura que foi preparada na cidade, como abrigos de emergência, unidades médicas, parceiros e informações mapeadas dos territórios urbano e rural. 

“Ipatinga possui muitas áreas de instabilidade geológica, onde é grande o risco de deslizamentos, quedas de muros, taludes e outros danos possíveis por causa da chuva. Nós temos todos os endereços mapeados, inclusive com fotos aéreas, o que deve facilitar as ações e ajudar a preservar vidas em situações emergenciais”, assinalou.

A Defesa Civil trabalha com cenários imagináveis a partir dos diagnósticos realizados nos locais. Cada área de risco apresenta uma possibilidade de ocorrências e é com base nessas informações que o Plano de Contingência é executado. 

“A resposta será imediata, com o aparato necessário”, afirma o secretário de Segurança e Convivência Cidadã, coronel Warley Silva. Contudo, ele lembra que o cidadão é o principal agente de sua própria proteção e recomenda atenção máxima a todos. “Quem se previne, evita a tragédia. E nós estamos prontos para ajudar com mudanças de local de moradia, evacuação preventiva, fornecimento de lonas e outras medidas, se necessário. Queremos que o cidadão seja crítico do perigo e saiba se proteger antes que o pior aconteça”, pontuou.

 

Destaques