Teatro Atiaia de Governador Valadares reabre nesta quinta-feira após reforma

Três anos de obras transformam o principal espaço cultural da cidade

Por Plox

07/12/2023 08h53 - Atualizado há 4 meses

Oo Teatro Atiaia será reinaugurado nesta quinta-feira (7), após três anos em reforma. Fechado em 2015 em virtude de falta de acessibilidade a pessoas com deficiências e inexistência de projeto de incêndio exigido pelo Corpo de Bombeiros, o Atiaia vai reabrir suas cortinas ao público valadarense com todo o seu antigo esplendor, só que agora mais moderno e confortável.

Foto: Divulgação - Redes Sociais

A nossa maior casa de cultura passou oito anos fechada e reabrirá agora completamente transformada. A sala de espetáculos recebeu novo piso, novo palco, 310 assentos, iluminação e climatização. Foram construídas várias salas de ensaio, camarins, elevador e banheiros – tudo equipado, adaptado e dentro das normas de acessibilidade e segurança.

“Estamos muito felizes por poder, enfim, entregar um teatro totalmente renovado, reformado e modernizado para toda a população de Governador Valadares. Tenho certeza de que todos que forem conhecer o novo Atiaia vão se emocionar com o que vão ver. São novos espaços e novos equipamentos que vão possibilitar que a produção cultural valadarense retorne aos seus tempos áureos”, declarou o secretário municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Kevin Figueiredo.

O prefeito André Merlo reiterou a importância das parcerias para a realização da reinauguração do Teatro Atiaia. 'É com grande orgulho e satisfação que entregamos aos valadarenses esta obra de reinauguração do Teatro Atiaia. Por falta de incentivo e manutenção, o teatro foi fechado no ano de 2015, durante a administração anterior. Assumimos a Prefeitura com o compromisso de reformar, modernizar e devolver à população a nossa maior casa cultural. Isso só foi possível graças às parcerias que buscamos e aos patrocinadores que acreditaram nesse projeto. Agora, entregaremos à população um espaço moderno e regularizado, obtendo também o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), que certifica a conformidade do nosso teatro com as normas de segurança. Portanto, essa reforma trará benefícios não apenas para a classe artística, mas também possibilitará que nossa cidade continue a contar histórias por meio da cultura".

Foi um longo período que, no entanto, não desanimou a classe artística da nossa cidade, que continuou a produzir espetáculos e a apresentá-los em outros espaços, como o CEU das Artes, praças e os auditórios dos colégios Imaculada Conceição e Genoma, sempre com o apoio da Prefeitura via Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo (SMCELT).

Reforma

O projeto de reforma do Teatro Atiaia foi apresentado à Lei Federal de Incentivo à Cultura pela Prefeitura, que se uniu à Cia de Teatro Katarriso para a captação de recursos, que foram obtidos graças ao patrocínio da Cenibra, Vale e do Fundo Municipal de Patrimônio Histórico.

Através do Instituto Cultural Vale foram repassados quase R$ 4 milhões para a obra desde 2019. “É muito significativo para nós colaborar para que um equipamento cultural da importância do Teatro Atiaia seja devolvido à população de Governador Valadares. A recuperação do teatro valoriza o patrimônio cultural local e regional e reforça a identidade da cidade, em sinergia com nossa atuação no sentido de estimular o desenvolvimento das regiões onde atuamos", diz Hugo Barreto, diretor-presidente do Instituto Cultural Vale.

Edson Valgas de Paiva, coordenador socioambiental da Cenibra, considera que “a reinauguração do Teatro Atiaia representa um marco de extrema relevância para Governador Valadares e região. Acreditamos que a cidadania pode ser construída a partir da valorização de vetores como a cultura e educação, e neste contexto a CENIBRA se sente honrada em poder estabelecer parcerias que integram as pessoas à transformação social do bem. O apoio da empresa e de outros parceiros na reforma e modernização deste importante espaço cultural é um exemplo de iniciativas que proporcionam a perenidade e interação da Cenibra e seus diversos processos, com a sociedade.”

A empreitada também recebeu o apoio do deputado federal Hercílio Coelho Diniz, que auxiliou na parte burocrática junto ao Ministério da Cultura, em Brasília.

Destaques