INSS atualiza sistemas de benefícios para cadastrar as novas regras previdenciárias

08/01/2020 07:51

Segundo especialista, aposentados e pensionistas, por exemplo, devem manter dados pessoais atualizados para evitar suspensões ou cancelamentos

Os seis sistemas de concessão, manutenção e pagamento de benefícios previdenciários, utilizados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), estão em processo de atualização. A medida visa adequar a base cadastral às novas regras instituídas pela Reforma da Previdência.

O professor do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP) e vice-presidente executivo da Sociedade Brasileira de Previdência Social, André Bittencourt, reforça a importância de as pessoas que recebem algum tipo de benefício do INSS, como aposentados e pensionistas, manterem seus dados pessoais, como endereço, telefone e e-mail, sempre atualizados junto à instituição.

390daa6583bae07f008a3995decd28fae3c75fa7fef73e826dd969ce271e3cbdFoto: Agência Brasil
 

“É bem importante, agora, as pessoas terem em mente que sempre elas têm que manter atualizado o seu cadastro junto ao INSS. Inclusive porque muitas pessoas vão ser chamadas pelo INSS para fazer revisão dos seus benefícios, seja de um auxílio-doença, seja por uma aposentadoria por invalidez, seja do benefício assistencial, aquele que o idoso e os deficientes que não têm uma condição de dignidade, recebem. Essas pessoas, sempre que se mudarem de casa, mudarem de cidade, devem levar ao INSS essa informação, para que sempre as correspondências cheguem à elas e o benefício não seja cortado”, enfatizou.

Essa atualização pode ser feita por meio do site gov.br/meuinss ou por meio da Central Telefônica 135.

Para acessar o portal na internet, é necessário fazer login, com CPF e senha. Na coluna à esquerda, o beneficiário deve clicar em “Alterar dados de contato”. Em seguida, abrirá uma tela com os campos de endereço, e-mail e telefone, que podem ser atualizados virtualmente pelo usuário.

Esse serviço também está disponível por meio do telefone 135, de segunda a sábado, das sete da manhã às dez da noite. Para fazer a atualização, é necessário informar dados como número do benefício, data de nascimento, CEP, nome completo e CPF do beneficiário.