Alerta de segurança: como evitar cair em golpes de phishing no Brasil

Sinais de alerta em mensagens suspeitas

Por Plox

08/04/2024 08h41 - Atualizado há cerca de 1 mês

No Brasil, é difícil encontrar quem não tenha sido alvo de pelo menos uma tentativa de golpe por SMS ou WhatsApp. Os criminosos digitais frequentemente utilizam "iscas" – ofertas tentadoras ou mensagens urgentes – para atrair as vítimas a clicarem em links maliciosos com o intuito de roubar informações pessoais e financeiras.

 

— Foto: Kaspersky/Divulgação

De acordo com a empresa especializada em segurança cibernética Kaspersky, o ano de 2023 registrou um alarmante número de mais de 134 milhões de tentativas de ataques de phishing no país. Os golpistas, valendo-se da criatividade, exploram diversos temas para enganar suas vítimas, incluindo falsas notificações de bancos, promoções inexistentes e até mensagens sobre programas governamentais populares como "Valores a Receber". A intenção é sempre a mesma: causar prejuízos financeiros e extrair dados sigilosos por meio de cliques inadvertidos. Esses criminosos também recorrem a páginas web forjadas que imitam as originais, solicitando informações bancárias ou pagamentos de taxas fictícias para liberação de supostos benefícios governamentais.

Como identificar mensagens fraudulentas

Existem indicadores claros que ajudam a reconhecer mensagens fraudulentas. Primeiramente, o remetente desconhecido deve levantar suspeitas, especialmente se o contato for inédito ou se a mensagem provier de números curtos, comumente utilizados em fraudes. Além disso, ofertas que pareçam boas demais para ser verdade, promessas de grandes descontos ou alertas sobre escassez de produtos devem ser encarados com cautela.

Outro sinal de alerta são as notificações oficiais que parecem falsas. É essencial jamais clicar em links suspeitos ou fornecer dados pessoais sem antes verificar a veracidade das informações. Recomenda-se o contato direto com as empresas ou órgãos governamentais por meio de seus canais oficiais para confirmar qualquer comunicação recebida.

O phishing, caracterizado por sua simplicidade, baixo custo de implementação e alta efetividade, permanece como uma das principais ameaças digitais no Brasil. A vigilância e a precaução são, portanto, ferramentas indispensáveis na proteção contra esses golpes cada vez mais comuns.

Destaques