Nikolas Ferreira critica Alexandre de Moraes em rede social

Deputado e Elon Musk confrontam decisões do STF sobre controle das redes

Por Plox

08/04/2024 20h42 - Atualizado há cerca de 2 meses

Em uma manifestação pública na plataforma X, anteriormente conhecida como Twitter, o deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) expressou seu desacordo com o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ferreira reagiu às declarações de Moraes sobre a necessidade de regular as redes sociais, enfatizando que o Brasil não pertence ao STF. Utilizando letras maiúsculas para intensificar sua mensagem, o deputado postou: "O BRASIL NÃO É TERRA DO STF" e "O BRASIL NÃO É TERRA COM DONO".

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Este episódio ocorre no contexto de uma crescente tensão entre personalidades políticas e judiciárias sobre a liberdade de expressão e a regulamentação das redes sociais no Brasil. A situação se agravou quando Elon Musk, proprietário do X, foi mencionado em um inquérito sobre milícias digitais. Musk havia ameaçado ignorar as decisões do STF que visam suspender contas envolvidas na disseminação de notícias falsas e incitação à violência. Em resposta, Alexandre de Moraes enfatizou, também em caixa alta, que as redes sociais "NÃO SÃO TERRA SEM LEI" e "NÃO SÃO TERRA DE NINGUÉM".

O conflito se intensificou com Musk desafiando o ministro e criticando o sistema judiciário brasileiro através de sua própria plataforma, sugerindo que Moraes deveria "renunciar ou sofrer um impeachment". No dia seguinte, Musk propôs um debate aberto com o ministro sobre as restrições impostas pela Suprema Corte.

Destaques