Vídeo: Ministro Renan Filho confirma ao Plox que BR-381 terá interessados para o Leilão

Mudanças na proposta e ajustes técnicos garantem a atração de participantes para o leilão, previsto para o segundo semestre

Por Plox

08/04/2024 18h03 - Atualizado há cerca de 1 mês

Na tarde de segunda-feira (08), o Ministro dos Transportes, Renan Filho, acompanhado por Alexandre Silveira e uma equipe composta por membros do governo federal e parlamentares, realizou uma vistoria técnica nas obras da BR-381. Em resposta a uma indagação da equipe do Plox Brasil, Renan Filho assegurou que, desta vez, haverá interessados no leilão da rodovia, graças às correções implementadas e ao diálogo estabelecido com o Tribunal de Contas da União (TCU). O ministro manifestou confiança, desafiando os céticos a cobrá-lo caso a expectativa não se concretize, prometendo até um retorno pessoal caso haja interessados.

Acompanhe: 

Principais ajustes e expectativas

O leilão de concessão da BR-381, que conecta Belo Horizonte a Governador Valadares, inicialmente agendado para novembro de 2023, foi postergado devido à ausência de propostas. A nova proposta, revisada e aprimorada, excluiu os planos de ampliação de capacidade e melhorias em determinados trechos, especificamente entre os quilômetros 422,650 e 450,540.

A responsabilidade pela duplicação de um segmento crucial entre Belo Horizonte e Caeté foi transferida para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Este projeto exigirá o realojamento de mais de 2 mil famílias que residem nas proximidades da rodovia para dar espaço às obras necessárias.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) antecipa que o Tribunal de Contas da União (TCU) dará luz verde ao processo em abril. Após esta etapa, serão realizados os ajustes finais e a publicação do edital está programada para acontecer. A agência confirmou o interesse de potenciais participantes no projeto, com previsão de que o leilão ocorra entre setembro e outubro deste ano.

Destaques