Bilhete encontrado com homens mortos aponta autoria de estupro a jovem

08/05/2019 15:44

A universitária Andreza Nascimento foi abusada sexualmente na madrugada de sexta-feira passada por quatro horas

Publicidade

A polícia chegou à conclusão de que os homens encontrados mortos com um bilhete ao lado são os responsáveis pelo estupro à universitária Andreza Nascimento, de 21 anos, na madrugada de sexta-feira passada, 3, em Cabo Frio, Rio de Janeiro. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 8 de maio.

Bilhete foi encontrado ao lado de corpos em Cabo Frio, no RJ — Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Bilhete foi encontrado junto dos abusadores- Foto: Polícia Civil/ Divulgação

"Tha ai os 2 que estrupou a mulher Andresa", dizia a mensagem escrita em um papel, com a grafia errada. De acordo com o boletim de ocorrências, quando Andresa foi interceptada pelos homens, estava em frente a porta de casa com um amigo no carro. Ele teve que dirigir até um local ermo, sendo ocultado no porta-malas. Durante quatro horas, Andreza foi estuprada e também foi jogada no porta-malas.

Enquanto o casal estava nas mãos dos suspeitos, eles chegaram a cometer assaltos, sendo filmados por câmeras de segurança e até pensaram em queimar o veículo. O casal de amigos só foi salvo porque conseguiu abrir o carro e pedir socorro a policiais que encontraram.

Andreza Nascimento ficou 4 horas em poder de criminosos em Cabo Frio, no RJ — Foto: arquivo pessoal

Andresa fez um desabafo sobre o fato nas redes sociais- Foto: Facebook

 

A vítima reconheceu os abusadores anteontem, dia 6, porém, as autoridades ainda buscam o terceiro suspeito. Em uma rede social a jovem fez um desabafo, contou sobre o estupro e a pressão psicológica sofrida: "Pensei muito em vir aqui me expor, mas sei que assim vou poder ajudar mais vítimas. Me estupraram durante quatro horas dentro do carro em andamento, com a arma na minha cabeça, arma no meu corpo, tudo que vocês possam imaginar", revelou a estudante universitária.

Atualizada às 22h14

 



Publicidade