Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Bolsonaro diz que ministros do STF querem prejudicá-lo e acabam prejudicando o Brasil

    Os assessores e aliados do governo se preocupam com esses discursos de Bolsonaro

    Por Plox

    08/06/2022 21h49 - Atualizado há 25 dias

    Em um evento do governo federal no Palácio do Planalto em Brasília (DF) nesta terça-feira (7), o presidente da república, Jair Bolsonaro, discursou de improviso e voltou a criticar o Supremo Tribunal Federal (STF). Ele disse que foi-se o tempo em que as decisões do supremo eram cumpridas sem qualquer discussão. De acordo com o chefe do executivo, os ministros do STF querem prejudicá-lo e acabam prejudicando o país.

    “Eu fui do tempo em que decisão do Supremo não se discute, se cumpre. Eu fui desse tempo. Não sou mais. Certas medidas saltam aos olhos dos leigos. É inacreditável o que fazem. Querem prejudicar a mim e prejudicam o Brasil”, disse Bolsonaro com a voz elevada e exaltada.

    Veja o vídeo: 

     

     

    Os assessores e aliados do governo se preocupam com esses discursos de Bolsonaro. O tom exaltado vai contra as orientações que eles têm passado ao presidente. Eles tentam convencer o chefe do executivo de que essa imagem pode atrapalhar sua corrida eleitoral. O próprio Bolsonaro confirmou que seus aliados pedem calma, mas que isso está sendo impossível para ele.

    O nervosismo atual do presidente Jair Bolsonaro, pelo que parece, é em relação à decisão da Segunda Turma do STF que, por três votos a dois, decidiu manter a cassação do deputado estadual Fernando Francischini (União-PR), apoiador de Bolsonaro. 

    Francischini foi cassado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por compartilhar uma informação, que os ministros entenderam ser “fakenews”, em uma transmissão pela internet nas eleições de 2018. Em decisão individual, na semana passada, o ministro do supremo Nunes Marques tinha anulado a decisão do TSE e devolvido o mandato ao deputado.


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]