Namorado e mãe de brasileira encontrada morta em hotel já estão no Chile

08/07/2019 23:21

A causa da morte ainda é desconhecida

Publicidade

O namorado e a mãe de Giovanna Elias Bardi, a tradutora brasileira que foi encontrada morta em um hotel de Santiago, chegaram ao Chile no domingo (7). Pelas redes sociais, o namorado, Leandro Bonello, informou sua chegada. 

Juntos desde maio, em suas redes sociais, Bonello confirmou a morte da namorada e postou uma homenagem. A causa da morte ainda é desconhecida.

Por e-mail, o Itamaraty afirmou que acompanha e presta assistência à família de Giovanna, mas não fornece mais informações sobre o caso. 

(Foto: reprodução/Facebook)

(Foto: reprodução/Facebook)

Confira a nota:
“O Consulado-Geral do Brasil em Santiago está acompanhando o caso e prestando assistência consular cabível à família. Em respeito à privacidade dos envolvidos, não fornecemos informações de cunho pessoal sobre os casos consulares.”

Moradora de Sorocaba (SP), no interior de São Paulo, Giovanna trabalhava como tradutora e programou-se para conhecer o país sozinha.

Segundo relatos, o último contato com ela aconteceu na noite de quinta-feira (4). O namorado e os parentes passaram a se preocupar na manhã de sexta-feira (5), quando ela não atendeu e nem respondeu a ligações e mensagens.

Atualizado às 7h38.



Publicidade