Emprego na indústria mineira registra maior expansão em 18 anos

Cinco das seis variáveis analisadas pela Pesquisa Indicadores Industriais (INDEX), da FIEMG, avançam em maio

Por Plox

08/07/2022 11h35 - Atualizado há quase 2 anos

Além da elevação de 4,2% no faturamento em maio, frente a abril, a Pesquisa Indicadores Industriais (INDEX), desenvolvida pela FIEMG, registra a maior expansão do emprego para o mês em 18 anos, desde 2004. Das seis variáveis analisadas, outras três registram avanço: as horas trabalhadas na produção, com crescimento de 1,3%, contribuindo para o aumento da massa salarial, assim como o rendimento médio real.

Foto: reprodução Pixabay

 

O progresso das variáveis ligadas à atividade industrial no acumulado do ano até maio são explicadas pelo fato de terem sido beneficiadas pelos estímulos fiscais concedidos e pelo desemprego em queda. Apenas a utilização da capacidade instalada recuou no mês.  

Suprimentos

Na avaliação da economista Júlia Silper, da Gerência de Economia e Finanças Empresariais da FIEMG, as dificuldades nas cadeias globais de suprimento – agravadas pelas novas rodadas de lockdowns na China e pelo conflito no Leste Europeu – devem seguir pressionando os custos de produção do setor industrial. 

Destaques