Homem espanca e mata noiva durante a festa de casamento

Segundo testemunhas, ele teria sentido ciúmes da mulher, que estava conversando com um convidado da festa

Por Plox

08/10/2020 10h19 - Atualizado há quase 4 anos

Um homem foi preso em Novosibirsk, na Rússia acusado de matar noiva durante a realização do casamento deles. Ele espancou a mulher, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo testemunhas, o Stepan Dolgikh, de 33 anos, teria sentido ciúme da noiva, Oksana Poludentseva, de 36 anos, que estaria conversando com um convidado da festa.

Testemunhas relataram a polícia que Stepan Dolgikh começou a agredir a mulher, com chutes e socos, enquanto acusava ela de comportamento incoerente. Os convidados da festa ficaram com medo de intervir e acionaram a polícia.

 

russiaFoto: reprodução
 

De acordo com os relatos dos convidados, o homem  foi agredindo a mulher durante a festa e a levou para fora da casa, onde as agressões continuaram. Até o momento que a mulher pareceu sem vida e ele parou com as agressões. A polícia compareceu ao local e prendeu o noivo em flagrante.

"Ele bateu nela por um longo tempo, na frente de testemunhas, e atingiu seus órgãos vitais - no torso e na cabeça. Ele admitiu totalmente a culpa durante a investigação", disse Kirill Petrushin, responsável pelas investigações.

Antecedentes

Segundo a polícia, testemunhas relataram que o casal se conheceu enquanto Stepan Dolgikh cumpria pena por crimes anteriores.

“A falecida mulher sabia sobre a ficha criminal dele. Eles se conheceram enquanto ele cumpria pena na prisão por crimes anteriores. Uma pessoa como ele poderia ultrapassar o limite e cometer um crime grave. Foi o que aconteceu", disse o investigador.
 

Destaques