Comércio de Ipatinga vai abrir no domingo de Natal

Horário Especial começa no dia 20; serão 13 horas a mais com as lojas funcionando nas vésperas da data mais importante do ano para as empresas

Por Plox

08/12/2023 18h22 - Atualizado há 6 meses

Já está definido o horário especial de Natal para o comércio de Ipatinga. As lojas do comércio de rua vão começar a fechar mais tarde a partir do dia 20. De quarta a sexta-feira (20 a 22),  as empresas têm autorização para funcionar das 9h às 20h. No sábado (23), o expediente ficou ampliado das 9h às 18h. No domingo as lojas também vão abrir: das 9h às 13h.

 

A Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) que definiu o Horário Especial de Natal para o comércio de Ipatinga foi assinada, na tarde desta sexta-feira (08), entre o Sindcomércio Vale do Aço e o Sindicato dos Empregados no Comércio e Serviços de Ipatinga (Seci). Em Timóteo e Coronel Fabriciano, as negociações que definem o expediente estendido para o Natal ainda não foram concluídas. 
“Treze horas a mais na semana mais importante do comércio do ano. A gente sempre aconselha o consumidor a antecipar suas compras, mas caso alguém esqueça, terá até domingo, às 13h, para ir às lojas de Ipatinga e não deixar de presentear quem ama”, comenta José Maria Facundes, presidente do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço. 

Foto Divulgação: Igor Silva

Antes de sentar à mesa de negociação com o Sindicato dos Empregados no Comércio e Serviços de Ipatinga (Seci) e definir o Horário Especial de Natal, o Sindcomércio foi às ruas do Vale do Aço entrevistar proprietários de lojas e saber deles qual seria o melhor funcionamento ampliado neste fim de ano. “O que negociamos contempla 100% do que foi levantado na ampla pesquisa que realizamos”, informa o dirigente sindical, para acrescentar: “Será muito importante para o empresário ter um fim de ano ‘agitado’ e de boas vendas, pois 2024 será de muitos desafios.”

 

Posicionamento do Seci
Mesmo com o movimento do período natalino, o SECI alerta para a obrigação das empresas respeitarem o intervalo de almoço dos comerciários, que é de duas horas, exceto no sábado (23/12), quando o intervalo será de uma hora. Os trabalhadores também têm direito a um almoço no sábado e um lanche especial, composto por pão, presunto, muçarela e refrigerante, ou o valor de R$9,00 para custear esse lanche, em todos os dias em que houver horário ampliado. 


A negociação do horário demorou mais do que o previsto, porque as entidades não estavam entrando em acordo com relação ao horário no domingo. “Os patrões queriam que o comércio funcionasse até as 16h. Nós não aceitamos e batemos o pé para que aquele que trabalhasse no domingo pelo menos tivesse o direito de ganhar uma remuneração extra de R$100 no final do expediente”, informa o Coordenador Geral do SECI, Claudio Marconi. Segundo o diretor do SECI é nessa Convenção também que o Sindicato garante as folgas dos comerciários no dia 02/01/24 e no Carnaval, com o retorno do expediente só na quinta-feira, após a quarta-feira de Cinzas. 
“O SECI, embora represente os empregados no comércio, pensa também no consumidor na hora de negociar. Esse horário especial é feito para atender, sobretudo, a demanda dos consumidores. Os comerciários se sacrificam para atender bem os clientes. Então, o que nós pedimos é que as pessoas colaborem também com os comerciários, antecipando suas compras para não chegar na loja no horário de fechar as portas”, destaca. Ele lembra que o Sindicato estará nas ruas verificando o horário e o cumprimento dos direitos trabalhistas que estão previstos na Convenção Coletiva de Natal 2023, disponível no link Acordos do site www.seci.com.br . Caso a empresa descumpra as normas desse acordo, pode ser multada no valor de um salário comercial por empregado prejudicado.
 

Destaques