publicidade



TRF confirma Luiz Bonat como novo juiz da Lava Jato

09/02/2019

publicidade

O conselho do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, confirmou hoje (8) que o juiz federal Luiz Antonio Bonat será o titular da 13ª Vara Federal em Curitiba, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato.

Bonat vai substituir o ex-juiz Sergio Moro, que deixou a magistratura no ano passado para assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública.




Ministra Cármen Lúcia suspende ação e barra a 'cura gay'

24/04/2019

Liminar concedida por juiz abria brecha para que psicólogos oferecessem terapia de reversão sexual, proibida pelo Conselho Federal de Psicologia

publicidade

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu a ação popular na qual o juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara do Distrito Federal, concedeu liminar que abriu brecha para que psicólogos oferecessem terapia de reversão sexual, conhecida como "cura gay", tratamento proibido pelo Conselho Federal de Psicologia desde 1999.

A decisão de Cármen foi tomada no dia 9 de abril e publicada no Diário de Justiça nesta quarta-feira (24). Em setembro de 2017, o juiz acolheu um pedido da psicóloga Rozangela Alves Justino. Segundo ela e outros psicólogos que apoiam a prática, a Resolução do Conselho Federal de Psicologia restringia a liberdade científica.


CNI-IBOPE: 35% aprovam e 27% reprovam governo Bolsonaro

24/04/2019

A pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 15 de abril e ouviu duas mil pessoas

publicidade

A avaliação positiva do governo de Jair Bolsonaro, medida pelo Ibope, registrou leve aumento. Segundo uma nova pesquisa, divulgada nesta quarta-feira (24) pelo instituto, 35% dos entrevistados classificaram o governo como bom ou ótimo. 

Em levantamento feito em março, a porcentagem dos que aprovam foi de 34%.     


Preso deve custear tempo que ficar na prisão, diz projeto de lei do Senado

24/04/2019

Texto já estava pronto para votação em plenário, mas senadores querem mais debate

publicidade

O plenário do Senado enviará à Comissão de Direitos Humanos da Casa projeto de lei (PL) que obriga o preso a ressarcir o Estado das despesas com sua permanência no sistema carcerário. 

O PL foi apresentado em 2015, pelo então senador Waldemir Moka, e passou pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) antes de chegar ao plenário. O projeto deverá ficar por 15 dias na comissão para debates antes de voltar ao plenário, para votação.

foto: Imagem de Arquivo/Agência Brasil)

últimas notícias