Polícia detém 21 pessoas por exploração sexual de mulheres; oito das vítimas foram soltas

09/06/2019 15:47

A polícia espanhola informou que a rede tinha um imóvel que funcionava como prostíbulo 24h por dia e estava sob o comando de uma família portuguesa

Publicidade

Pelo menos 21 pessoas foram detidas, neste domingo (9), suspeitas de integrar a uma rede de exploração sexual de mulheres. A polícia espanhola informou que a rede tinha um imóvel que funcionava como prostíbulo 24h por dia e estava sob o comando de uma família portuguesa. 

Segundo a polícia local, a rede fica na cidade de Marbela; pelo menos oito mulheres foram libertadas durante a operação das autoridades locais. Um comunicado afirma que algumas pessoas iam por vontade própria e outras por pensarem que lá [casa] eram ofertadas vagas de emprego.

Conforme o comunicado, os responsáveis pela rede faziam a distribuição de drogas. As mulheres entravam no local, eram trancafiadas e submetidas “a um regime de multas, de jornadas exaustivas e de ameaças". 
 



Publicidade