Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Jovem cai em golpe de venda de motocicleta em Ipatinga

    Ele pagou adiantado a quantia de R$ 5.000 para ficar com o veículo

    Por Plox

    09/06/2021 12h21 - Atualizado há 4 meses

    Mais um golpe na venda de veículos foi registrado em Ipatinga. Desta vez, um jovem tentou comprar uma motocicleta que estava anunciada em uma rede social e pagou adiantado a quantia de R$ 5.000 para ficar com o veículo, no entanto, quando foi buscar a moto percebeu ter caído em um golpe.

    Segundo informações da Polícia Militar, a vitima de 25 anos viu um anúncio de uma motocicleta no Facebook, entrou em contato com a pessoa e após conversarem via aplicativo WhatsApp, ficou acertado que o vendedor mandaria seu irmão lhe mostrar a motocicleta e posteriormente voltaria a conversar com o jovem.

    Ele foi ver a motocicleta no local marcado e lá fez contato com um homem que lhe mostrou a motocicleta Honda CG 160 de cor vermelha e quando a vítima perguntava qualquer coisa sobre o veículo, ele dizia para ver com seu irmão que é proprietário da motocicleta.

    Após isso fez novamente contato via WhatsApp com a pessoa que ele estaria negociando e fechou o negocio, ficando acordado que ele faria um Pix de R$ 5.000 nessa terça-feira (8), pegaria a motocicleta e amanhã (9) pagaria o restante quando fossem assinar o recibo no cartório. Ele fez a transferência do valor combinado, por meio do Pix para uma conta em nome de uma mulher e  retornou para pegar a motocicleta, quando percebeu que havia caído em um golpe.

    Os policiais entraram em contato com o proprietário do veículo e ele relatou que uma pessoa entrou em contato com ele por mensagem de WhatsApp e se identificou como Jovane Costa e após pedir informações sobre sua motocicleta, perguntou o preço, pediu desconto tendo a vítima baixado em duzentos reais o valor, de R$14.500 para R$ 14.300 e ainda teria pedido a ele que não informasse o preço para a pessoa que iria ver a motocicleta, pois ele devia essa pessoa e passaria a moto para ele por R$ 15.500, quitando a dívida. O dono da moto concordou.

    Foto: Ilustrativa

     

    Após passar um tempo sem contato, o verdadeiro dono do veículo mandou mensagem para Jovane perguntando se a pessoa que iria ver a motocicleta iria demorar, tendo ele respondido não saber. Como ele tinha que sair para trabalhar, ele disse que levaria a motocicleta para o bairro Ideal, onde deixaria com seu irmão para que ele mostrasse para o comprador e lhe mandou a localização de onde estaria a CG 160.

    Mais tarde ele foi informado por seu irmão que a pessoa já teria visto a motocicleta, momento em que o proprietário do veículo tentou contato com o estelionatário e começou a cobrar a transferência do valor para liberar a motocicleta. Algum tempo depois recebeu uma ligação de seu irmão avisando que seria um golpe e o comprador da motocicleta estaria no local alegando já ter pago pela moto.

    Ele imediatamente deslocou para o local e aguardou a polícia. Em contato com o irmão do dono da moto, ele relatou aos policiais que após a vítima lhe falar que já teria pago uma quantia pela moto, ele ligou para seu irmão para que ele verificasse sua conta, tendo visto que o valor não caiu chegaram na conclusão se tratar de um golpe.

    Ele tentou entrar em contato com o autor do golpe tendo conseguido uma foto no contato identificado como Jovane Costa. Ele também informou mais dois números telefônicos, contatos esses que ele teria conversado com o autor do golpe.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]