Toxina botulínica pode ser um aliado contra a depressão

09/07/2019 17:00

Estudos indicam que a toxina botulínica pode atenuar os sintomas da doença

Publicidade

Utilizada como uma grande aliada da beleza e até da saúde, a toxina botulínica agora é foco de estudos para transtornos depressivos. De acordo com a dermatologista Denise Steiner, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, foi realizado um estudo com 30 pessoas que mostrou diminuição dos sintomas em pacientes com o problema.

Shutterstock

Foto: Divulgação/Imagem Ilustrativa

Desses, 15 foram tratados com a toxina botulínica, outros 15 com placebo. Uma única aplicação entre as sobrancelhas dos voluntários conseguiu diminuir os sintomas da depressão. O estudo levanta algumas suposições para o resultado positivo: a toxina melhora a aparência, que tem efeito indireto no estado de humor. Outra hipótese é de que ativação do músculo entre as sobrancelhas abrandaria os sinais referentes ao cérebro. É apontado que o músculo facial paralisado diminui o aspecto negativo do rosto. Denise explica: “Mecanismos de feedback atuariam, ajudando a pessoa a se sentir melhor. Esse mecanismo é sustentado por outros estudos, que mostram que a toxina botulínica melhora a percepção emocional das pessoas tratadas”, acredita Denise. Por fim, com um aspecto facial mais leve, as pessoas a volta retornam positivamente, o que também melhora os vínculos sociais. O tratamento com a toxina pode ser feita em conjunto com outros tratamentos, seja com psicólogos ou com uso de medicamentos.
 

Atualizada às 17h56

 



Publicidade