Especialistas revelam o tipo ideal de vitamina D para sua saúde

Nutricionistas destacam as diferenças entre as formas de vitamina D e indicam a mais adequada para cada perfil

Por Plox

09/07/2024 08h20 - Atualizado há 13 dias

A vitamina D é essencial para o organismo, desempenhando um papel crucial na absorção de cálcio e no fortalecimento da imunidade. Ela se apresenta em duas formas principais: D2 (ergocalciferol) e D3 (colecalciferol), sendo a exposição solar um fator determinante para a produção desta substância.

Pixabay

Os benefícios da vitamina D

Segundo os nutricionistas Thaiz Brito e Rafael Leal, a vitamina D é fundamental na absorção de cálcio, ajudando a prevenir doenças como a osteoporose. Além disso, essa substância atua na formação e manutenção de ossos e dentes, no sistema muscular imunológico e na absorção de fósforo no intestino. Thaiz Brito ressalta: “A vitamina D é erroneamente classificada como vitamina quando, na verdade, possui ação de um pré-hormônio.”

Diferenciação entre vitamina D2 e D3

Apesar de oferecerem benefícios semelhantes, a D2 e a D3 têm origens e processos de absorção distintos. A vitamina D2 é encontrada em alimentos vegetais, enquanto a D3 é obtida a partir de fontes animais e da exposição solar. Rafael Leal explica: “A vitamina D3 é formada na pele pela exposição aos raios ultravioletas, enquanto a D2 é sintetizada por plantas.”

Qual tipo de vitamina D é mais eficaz?

A deficiência de vitamina D é comum e a suplementação é frequentemente necessária. De acordo com Rafael Leal, a vitamina D3 é cerca de duas a três vezes mais eficaz que a D2 para aumentar os níveis dessa substância no corpo. Thaiz Brito acrescenta que, embora ambos os tipos precisem ser processados pelo organismo, a D3 é sintetizada pela pele quando exposta à luz solar UVB, tornando-a mais eficiente.

Uso da vitamina D conforme o perfil do paciente

Embora a vitamina D3 seja mais facilmente absorvida, a vitamina D2 também é utilizada, especialmente em dietas vegetarianas ou veganas. “Optamos por repor vitamina D2 em pacientes com hábito alimentar estritamente vegetariano e/ou vegano, considerando que a D3 é obtida de fontes animais”, esclarece Rafael Leal.

Recomendações para a suplementação de vitamina D

A suplementação de vitamina D deve ser feita sob orientação médica, especialmente em crianças em risco de raquitismo, idosos e gestantes, conforme indicado pela Endocrine Society. Thaiz Brito alerta: “A vitamina D3 tem maior potencial de elevar os níveis séricos de vitamina D em comparação à D2.”

Destaques