Comércio de Ipatinga pronto para o Dia dos Pais

09/08/2019 16:06

Na sexta-feira (9), as lojas funcionarão até 20h, e no sábado (10) de 9h às 17h

Publicidade

Neste domingo (11) será comemorado o Dia dos Pais, uma data especial e muito significativa. É uma oportunidade para os filhos lembrarem tudo que seu pai já fez e batalhou para o bem da família. Com isso, uma forma de agradecer por todo esse esforço é homenageá-lo com muitos presentes, além do carinho e afeto.

O presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi), Cláudio Zambaldi, lembra que para atender os consumidores que ainda estão em busca de presentes, os estabelecimentos comerciais de Ipatinga funcionam em horário especial. “Nesta sexta-feira (9), as lojas funcionarão até 20h. Já no sábado (10), as lojas abrem às 9h e vão fechar as portas às 17h. Dessa forma, as pessoas que trabalham durante o horário comercial, terão tempo de comprar seus presentes para o Dia dos Pais”, ressaltou.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga, Amaury Gonçalves, tem confiança de que as lojas terão bons resultados nesses dias. “O comércio está preparado para atender essa demanda de consumidores, que podem contar com diversos tipos de presentes para homenagearem seus pais. É uma data em que os lojistas também podem aproveitar de promoções estratégicas para aumentarem suas vendas”, afirmou.

P1050917Foto: divulgação

Expectativa
Conforme a pesquisa de Intenção de Consumo, realizada pela Federação das CDL’s de Minas Gerais, 48,8% dos entrevistados pretendem comprar este mês, a maior do ano até o momento, superando até o Dia das Mães, que é a segunda data de maior apelo comercial, perdendo apenas para o Natal.

A intenção de compra ainda apresentou crescimento em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2019, 12% mais consumidores devem ir às compras, aponta o estudo.

Dentre os consumidores que irão comprar em agosto, 26% investirão no setor de supermercados. Logo após, com 21%, está o setor de roupas, seguido pelo de calçados, com 11%. Tal movimento indica a tendência dos mineiros a comprarem produtos para presentear os pais na data.
 



Publicidade