Menino supera Bullying para doar cabelo para crianças com câncer 

09/08/2019 08:49

Ele esperou por dois anos até que seu cabelo atingisse o tamanho mínimo para se fazer uma peruca

Publicidade

Um menino chamado Brondie, de nove anos, resolveu deixar seu cabelo crescer para que pudesse doar as madeixas para crianças com câncer. Durante o percurso ele acabou sofrendo Bullying, mas não desistiu. O caso aconteceu em Arizona, nos Estados Unidos.

Para que seu cabelo chegasse ao tamanho mínimo necessário para fazer uma peruca, o pequeno teve que esperar dois anos.Entretanto, nesse tempo, ele continuou firme em seu foco. De acordo com o portal Vírgula, ele sabia que seu ato era por uma boa causa.

(Foto: reprodução)

(Foto: reprodução)

Brondie acabou sofrendo Bullying por ser menino e ter cabelo longo, mas brincou dizendo que esperava que a professora conseguisse reconhecê-lo no primeiro dia de aula após as férias.

Atualizada às 13h38



Publicidade