Pela terceira vez seguida, Palmeiras elimina Galo na Libertadores

O Palmeiras enfrentará o Deportivo Pereira na próxima fase, enquanto o Galo foca os esforços no Brasileirão

Por Matheus Valadares

09/08/2023 23h25 - Atualizado há 8 meses

Mais uma vez, o Palmeiras eliminou o Atlético na Copa Libertadores. As equipes empataram em 0x0 em partida movimentada e disputada, mas sem gols. Com os paulistas haviam vencido por 1x0 em Belo Horizonte, estão classificados para às quartas de final.

Com Hyoran entrando entre os titulares,o Atlético procurava ocupar o meio de campo e não permitir que Veiga, autor do gol no jogo de ida tivesse tanta liberdade como no Mineirão.

Veiga foi o herói do Porco no confronto. Foto: Cesar Greco/Palmeiras.

 

A partida iniciou bem disputada, com as duas equipes tentando chegar ao gol, mas até aos 10 minutos, nenhuma finalização com perigo ao gol tinha sido realizada.

Mas a primeira chegada mais incisiva do Palmeiras fez o torcedor atleticano respirar fundo. Dudu cruzou na segunda traves e Gómez cabeceou forte, porém, Everson faz a defesa. No rebote, Artur limpa corta para o meio e chuta cruzado, a bola passa perto do gol.

Aos 18 minutos, novamente com Dudu participando do lance, os donos da casa fizeram Everson trabalhar novamente. O atacante se livrou do marcador e chutou forte. Everson defendeu em dois tempos.

10 minutos depois, foi a vez do Galo chegar com perigo. Hulk tocou para Hyoran na entrada da área, que bate com força. A bola é desviada e sai pela linha de fundo.

Everson foi um dos destaques do Galo. Foto: Pedro Souza / Atlético.

 

Porém, foi o Palmeiras qie continuou atacando com perigo. Aos 35, Rony toca para Dudu, que por sua vez, encontra  Artur nas costas da zaga do alvinegra. O atacante tinha campo para percorrer, mas resolveu chutar colocado e Everson defendeu, mais uma vez.

O segundo tempo continuou bem equilibrado e disputado, com o Galo tendo mais posse de bola em alguns momentos. Mas foi o Verdão que chegou com perigo mais uma vez. Aos 10 minutos, Zé Rafael escapa da marcação de Otavio, toca para Rony pelo lado direito, que cruza rasteio, mas a bola passa por toda a aréa.

Aos 26 minutos, o Palmeiras chegou novamente em bola aérea, seu ponto forte. Em escanteio, Gustavo Gómez sobe mais que todo mundo, porém, Everson defende sem rebote.

Cinco minutos depois, Paulinho teve a chance cristalina de deixar tudo igual no confronto. O atacante recebeu linda bola de Edenilson, driblou Weverton e chutou para o gol. A bola acertou a rede do lado de fora.

Na jogada seguinte, os paulistas conseguiram assustar novamente. Piquerez bate falta frontal, a bola explode no travessão e volta nos braços de Everson.

As duas equipes tentaram chegar ao gol, mas nenhuma chance de real perigo foi criada até o final da partida.
 

Destaques