Cazares é acusado de agredir duas mulheres durante festa em sua casa

09/09/2019 16:37

Além do jogador, outros dois homens e uma mulher foram conduzidos para a delegacia

Publicidade

Na manhã desta segunda-feira, uma modelo e uma empresária acionaram a Polícia Militar (PM), dizendo que foram agredidas pelo jogador do Atlético-MG, Juan Cazares, durante uma festa na casa do atleta.

Segundo a PM, uma das mulheres afirmou aos militares, ter sido levada para dentro da residência do jogador e disse ter sido agredida, além de ter seu celular tomado pelo atleta.

O atleta disse aos militares que estava ocorrendo uma festa na casa dele, quando ele percebeu que as duas convidadas estavam demorando no banheiro. Ele pediu para que outra convidada fosse verificar o que estava ocorrendo, quando essa convidada informou que as duas estavam fazendo uso de drogas no banheiro.

Ainda segundo relatos do atleta à PM, ele disse que determinou que as duas mulheres se retirassem de sua casa.

Segundo a PM, as duas mulheres disseram aos militares que ao serem flagradas fazendo uso de entorpecentes no banheiro da casa do jogador, o atleta e mais três pessoas teriam forçado a saída delas da residência com agressões.

De acordo com os policiais, elas alegam ainda que o atleta teria oferecido a quantia de 10 mil reais para que esse fato não viesse à tona, não sendo chamados nem a polícia ou a imprensa.

Os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil.

cazaresFoto: reprodução/Atlético-MG
 



Publicidade