Idoso acusado de tentar matar ex-namorada tem prisão confirmada por delegado 

09/09/2019 19:12

Carla estava desaparecida desde a última sexta-feira (6), quando saiu de casa, e não retornou

Publicidade

Na tarde desta segunda-feira (9), Antônio Amarante dos Santos, de 63 anos, foi autuado por tentativa de homicídio da ex-namorada, Carla Aparecida do Santos, de 23 anos, na cidade de Antônio Dias-MG.

O caseiro prestou depoimento na Delegacia Civil de Coronel Fabriciano-MG, e negou que tenha tentado matar Carla. Ele teve a prisão ratificada pelo delegado Washington Moreira.

WhatsApp Image 2019-09-09 at 18.51.30Foto enviada ao WhatsApp do Plox.

Carla estava desaparecida desde a última sexta-feira (6), quando saiu de casa, e não retornou. A família então descobriu que ela havia comprado uma passagem de ônibus, para a cidade de Antônio Dias.

Segundo informações, ela teria se encontrado com Antônio na BR-381 próximo a Antônio Dias. Lá, o ex-namorado teria dirigido com a vítima no carona do VW Gol, de cor prata, até as proximidades do local em que ela foi encontrada. 

A jovem relatou aos policiais militares que teria discutido com o ex-companheiro e que o mesmo disparou duas vezes contra ela. Neste momento ela desmaiou e acordou no fundo de um penhasco, à margem do rio Piracicaba. 

Carla foi encontrada nesse sábado (7), à margem do rio Piracicaba, no município de Antônio Dias-MG, na região do Colar Metropolitano do Vale do Aço, com diversos ferimentos pelo corpo.

plox-antonio-diasFoto enviada ao WhatsApp do Plox.

No momento em que foi encontrada, ela estava com o corpo coberto de lama, e tinha fraturas na perna e braço, além de trauma no crânio, possivelmente provocado por disparo de arma de fogo.

Inicialmente, a vítima informou aos policiais militares que havia se desequilibrado e sofrido uma queda após ter tentado pegar uma flor do ipê amarelo que estava próximo ao penhasco. Ao cair, havia batido a cabeça em uma das pedras.
Durante atendimento no hospital, segundo a PM, havia duas perfurações provocada por disparo de arma de fogo, sendo um na cabeça e um no abdômen.

A jovem disse aos militares que teve uma discussão com Antônio, e que ele efetuou dois disparos de arma de fogo contra ela, e ter a jogado no local onde foi encontrada. 



Publicidade