Motorista de ambulância estupra paciente com coronavírus a caminho de hospital

09/09/2020 09:17

O motorista da ambulância, um homem de 29 anos identificado como V. Noufal, já tinha um histórico recorrente de crimes sexuais.

Na noite desse sábado (5), uma jovem de 19 anos, que testou positivo para Covid-19, foi estuprada por um motorista da ambulância que a levava para um hospital, onde faria o tratamento da doença. O caso aconteceu na Índia.

Segundo o jornal indiano Bangalore Mirror, A vítima estava sendo transportada de um hospital, para um local onde funciona um ala especializada para tratamento da Covid-19, quando o fato ocorreu. O motorista da ambulância, de 29 anos, tinha um histórico recorrente de crimes sexuais.

De acordo com relatos da vítima, no momento em que ela e o motorista estavam sozinhos na ambulância, ele foi com o veículo para um outro local, bastante isolado, retirou o equipamento de proteção e estuprou  a vítima. Além do crime, ele ainda teria ameaçado a jovem para não contar sobre o crime.

 

Mulher foi violentada enquanto era levada a hospital (Reprodução/StreetView)

 

Quando o motorista deixou a jovem no centro especializado de Covid-19, ela relatou o crime aos médicos do local, que acionaram a polícia. Após buscas feitas pelos policiais, o motorista foi preso no domingo (6).

De acordo com a polícia, a jovem relatou que o motorista chegou a pedir desculpas à vítima depois de cometer o crime, pedindo para que ela não contasse as autoridades.