Vídeo: deputada Ale Silva diz que PSL só quer dinheiro e sai da legenda

09/10/2019 15:09

Ale Silva denunciou um suposto esquema de “candidaturas laranja” em seu partido

Publicidade

A deputada federal Ale Silva (PSL) confirmou ao PLOX que está deixando o PSL, partido pelo qual ela se elegeu, assim como o presidente Jair Bolsonaro. 
 
Mostrando-se nitidamente emocionada, a parlamentar fez um “desabafo” durante sessão dessa terça-feira (8), da Comissão de Finanças e Tributação.  Ela chamou o PSL de "partido nanico" e disse que seus líderes só querem dinheiro.

ale silva

Foto: arquivo PLOX

 

“Até o início da sessão, meu nome estava ali no painel. Acabei de receber a comunicação que fui excluída da CFT por parte do meu partido. Aliás, o meu partido, até esse dado momento. Esse partido não é do governo, esse partido não é do Bolsonaro. Esse partido só quer dinheiro, que se dane o povo brasileiro. Partido pequeno, nanico. Que chegou onde chegou só por culpa de Bolsonaro. Se não fosse Bolsonaro, esse partido não teria nem passado na cláusula de barreira’, afirmou a deputada.

 

 
Denúncias
 
 
Ale Silva denunciou um suposto esquema de “candidaturas laranja” em seu partido, que culminou com a prisão do coordenador do PSL de Ipatinga, Robertinho Soares, e de outro assessor do ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio, Matheus Von Rondon.Recentemente, em continuidade às investigações o próprio ministro foi indiciado pela Polícia Federal.



Publicidade