Foto com ônibus lotado de pessoas sem máscara viraliza no Vale do Aço

Assuntos que se refere ao agravamento da pandemia estão causando vários debates nas redes sociais

Por Plox

10/03/2021 09h48 - Atualizado há cerca de 3 anos

Uma fotografia na qual é possível ver o interior de um ônibus em que viajavam várias pessoas sem máscara está viralizando nas redes sociais do Vale do Aço, em Minas Gerais.

A publicação está evocando debates entre as pessoas que são contra ou a favor das medidas de proteção adotadas contra a pandemia de COVID-19. A cada dia vem aumentando o número de vítimas fatais da contaminação pelo novo Coronavírus. Nas últimas 24 horas, foram quase duas mil pessoas a óbito, o que é um recorde histórico no Brasil.

 

Pessoas aglomeradas sem máscaras ônibus
Foto postada nas redes sociais

 

A reportagem do PLOX conseguiu falar com a pessoa que se apresentou como sendo quem fez a fotografia. “Eu seguia no ônibus, que vai do centro de Coronel Fabriciano para o bairro Morada do Vale, por volta das 23 horas, desta terça-feira 10”, disse.

Outras imagens mostrando o interior de coletivos na região também estão sendo divulgadas.

O setor de Fiscalização da Covid-19 de Timóteo, cidade vizinha de Coronel Fabriciano, notificou uma empresa de transporte por  excesso de passageiros nos horários de pico na linha intermunicipal Timóteo/ Ipatinga e Ipatinga/ Timóteo. A notificação da concessionária ocorreu depois que o setor de fiscalização recebeu uma série de reclamações, inclusive com um vídeo com a superlotação feito por um passageiro, sobre o descumprimento do decreto nº 5.278, de abril de 2020, que determina medidas de enfrentamento à pandemia no transporte público.

Segundo a Administração Municipal, o artigo 17 do decreto 5.278 determina a redução à metade da capacidade de lotação nesse período de pandemia. O documento traz ainda um parágrafo na qual a concessionária do transporte público fica obrigada a reforçar o número de carros, bem como intensificar a rotina de higienização e profilaxia dos veículos para evitar a propagação do coronavírus.

Destaques