Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    GAECO divulga detalhes da prisão do vereador Masinho e seu chefe de gabinete

    Por Plox

    10/04/2019 12h11 - Atualizado há mais de 2 anos

    No fim da tarde dessa terça-feira (9), o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) concedeu entrevista coletiva em sua sede no Centro de Ipatinga-MG, para detalhar as informações das prisões do vereador Osimar Barbora (PSC), o Masinho, e de seu chefe de gabinete, Rodrigo Vieira Ramalho. Ambos são investigados na Operação Dolus.

    Foto: Marcelo Augusto / PLOXWhatsApp Image 2019-04-09 at 17.19.42

    Segundo informações do GAECO, o assessor foi preso nas dependências da Câmara Municipal de Ipatinga, durante cumprimentos de mandados de busca e apreensão no gabinete. Já o vereador, teve sua prisão expedida pela Justiça na última quinta-feira (4), não sendo localizado até a última segunda, onde foi feita a prisão dentro da sede do GAECO.

    Ainda segundo os promotores do GAECO, diligências foram feitas na casa de Rodrigo, onde foram localizados cerca de 40 pacotes de papel A4 e vários copos descartáveis, materiais possivelmente retirados do gabinete de Masinho.

    Foto: Marcelo Augusto / PLOXWhatsApp Image 2019-04-09 at 17.14.57Exemplar do pacote de papel A4 recolhido na residência do chefe de gabinete.

    Na última segunda-feira (8), Masinho foi preso e segundo o GAECO, o vereador se reservou no direito de não se pronunciar. Por volta de 17h40 ele foi levado à Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho, em Ipaba-MG, onde se junta a outros quatro vereadores presos pela Operação Dolus.

    Vítimas

    O Delegado Gilmaro Alves comentou que durante as oitivas, constatou-se que a grande maioria das vítimas eram mulheres de origem humilde e de boa aparência. Algumas relataram aos promotores que sofriam assédio moral por parte do parlamentar, informação que segue em investigação.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]