Ipatinga

lazer

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Artesanato do Vale do Jequitinhonha chega a Timóteo

    Exposição ficará disponível para visitação do público até o dia 27/05

    Por Plox

    10/05/2022 17h08 - Atualizado há cerca de 2 meses

    Na última sexta-feira (06), a Fundação Aperam Acesita, lançou a exposição Artesanato do Vale do Jequitinhonha. A Mostra, dedicada às peças em argila, bordados, quadros em mosaicos e madeira, ficam disponíveis para visitação do público até o dia 27/05, no Centro Cultural, em Timóteo. 

    A exposição apresenta artesãos das comunidades de Cachoeira do Fanado (Minas Novas), Campo Alegre e Campo Buriti  (Turmalina) e das cidades de Itamarandiba e Capelinha. Todas as peças podem ser adquiridas durante a mostra. 

    “Além de fomentar e propagar a rica cultura do Vale do Jequitinhonha, aliamos à iniciativa a geração de renda. As vendas das peças têm o seu valor 100% retornado para aos artesãos”, explica o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino. 

    Foto: Divulgação / Fundação Aperam Acesita

     

    Patrimônio imaterial de Minas Gerais, o artesanato produzido no Vale do Jequitinhonha, na cidade de Turmalina, constitui-se como uma importante referência cultural do estado. O processo de produção artesanal das peças é cuidadoso e os artesãos têm domínio de todas as etapas de desenvolvimento dos itens, desde a extração do barro, passando pela fabricação dos pigmentos, até a construção dos fornos para a queima.

    Artesã há 25 anos, Terezinha integra a Associação dos Artesãos do Coqueiro Campo, em Turmalina. Ela participa da mostra com as peças decorativas e utilitárias. “Pra mim é um prazer poder me expressar por meio dessa arte. É uma satisfação saber que a gente trabalha com criações que alegram o cantinho de casas espalhadas pelo Brasil”, analisa Terezinha. 

    Além dos saberes e das técnicas que envolvem os processos de criação, o artesanato do Vale do Jequitinhonha perpassa gerações. Dona Rita é artesã da comunidade do Campo Alegre, em Turmalina. Além das peças tradicionais, ela desenvolveu há mais de 40 anos um pote onde registra faces em barro. “Tem 50 anos que trabalho com artesanato. Desenvolvi uma técnica diferente, onde as pessoas têm a impressão de que um rosto está saindo do vaso”, enfatiza a artesã. 

    Desde 2006, a Aperam BioEnergia trabalha na potencialização do artesanato do Vale do Jequitinhonha por meio do Programa de Fortalecimento do Artesanato Regional. A iniciativa integra parte estratégica da empresa no quesito de empoderamento feminino, geração de renda e desenvolvimento sustentável das comunidades onde atua. 

    Em 16 anos, o Programa já promoveu mais de 700 horas de capacitação em gestão, design de embalagem e preparação para feiras estaduais e locais. A empresa ainda mantém apoio com produção de cartões de visita, sacolas, tags de identificação para os produtos, além da disponibilização de resíduos florestais na queima do artesanato. 

    Serviço

    A exposição fica aberta para visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 17h, no Centro Cultural da Fundação Aperam Acesita, localizado na Alameda 31 de outubro, 500, Centro/Timóteo-MG. 

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]