Mulheres mais velhas com parceiros jovens ainda é um TABU; entenda

Psicóloga diz como etarismo e machismo influenciam nesta percepção

Por Plox

10/05/2024 16h32 - Atualizado há cerca de 1 mês

 

A estreia do filme "Uma Ideia de Você" na plataforma Amazon Prime trouxe à tona novamente o tema dos relacionamentos amorosos em que a mulher é significativamente mais velha que o homem. No filme, a personagem interpretada por Anne Hathaway vive um romance com um homem muito mais jovem, uma situação que, apesar de ser mais comum na ficção, continua a provocar surpresa e julgamentos na vida real.

Foto: divulgação

Segundo a psicóloga Roberta Paya, embora tenha havido avanços na conscientização sobre os direitos das mulheres, a sociedade ainda tem muito a progredir no que diz respeito à liberdade feminina de explorar seu corpo e seus desejos, sem a obrigação de se conformar com expectativas tradicionais como casamento e maternidade. Paya destaca que as imposições sociais, familiares e pessoais ainda perpetuam uma visão da mulher como um ser que deve estar a serviço dos outros, e quando uma mulher decide viver de acordo com seus próprios desejos, isso pode causar desconforto e provocar julgamentos.

A especialista também aponta que o preconceito contra essas mulheres muitas vezes surge não apenas da rejeição inerente a essas escolhas, mas também do desconforto que a liberdade delas provoca nos outros. Muitas pessoas, conforme Paya, têm dificuldade em permitir-se a mesma liberdade, o que gera um sentimento de desconforto quando confrontadas com alguém que se desvencilha dessas normas sociais. No contexto do etarismo, é notável que, embora o preconceito relacionado à idade afete tanto homens quanto mulheres em vários aspectos da vida, ele impacta de maneira desproporcional as mulheres, especialmente em relação a relacionamentos, oportunidades de trabalho e liberdade de expressão.

Destaques